Header Ads

Paysandu encosta no G4

Placar final. (Foto: Rodrigo Pinheiro)
Na noite de ontem (06) o Paysandu voltou aos gramados para jogar mais uma partida do Campeonato Brasileiro, desta vez o adversário era o Paraná Clube, no Mangueirão. O clube visitante trazia um velho conhecido da torcida alviazul, Marcos Paraná. E ele fez valer a lei que o Paysandu quase nunca escapa: a lei do ex. Mas dessa vez ela não foi o suficiente e o Paysandu assegurou mais 3 pontos importantes dentro de casa.

O JOGO
Cearense e Aylon. (Foto: Rodrigo Pinheiro)
O clube da casa começou atacando, demonstrando que teria um primeiro tempo produtivo, mas logo a produção caiu de nível. Com 2 minutos o Paysandu já estava atacando, Carlinhos lançou para Aylon na cara do gol, mas goleiro Wendell saiu e fez a defesa. O clube ainda chegou outras vezes com perigo e conseguiu dominar a bola. Mas passados os 20 minutos iniciais, o jogo começou a ficar mais difícil para o dono da casa, os ataques estavam cada vez mais ineficientes. E o Paraná começou a ir para cima. Henrique tentou jogada individual, mas Thiago Martins afastou para escanteio, na cobrança, a bola sobrou e Jean arriscou, só que a bola foi para fora. Aos 40' Leandro Cearense ainda teve boa chance de abrir o placar, roubou a bola e chutou com perigo no gol do Paraná, mas a bola saiu por pouco.

Primeiro gol.  (Foto Rodrigo Pinheiro) 
Para o segundo tempo, os dois times voltaram iguais. O Paysandu atacava e o Paraná dava respostas. Só foram necessários 10 minutos para o primeiro gol aparecer, Leandro Cearense recebeu a bola e tocou na saída de Wendell para abrir o placar. Três minutos depois, o ex-Paysandu, Marcus Paraná entrou em campo e depois de apenas minutos na partida, tirou a bola de dois jogadores e arriscou de fora da área e colocou a bola no ângulo, fazendo um golaço para empatar a partida. E aos 30' o mandante sacramentou a vitória, Aylon recebeu na área e chutou na diagonal. Bruno Veiga, recuperado de lesão, ainda perdeu 2 gols.

Torcida comemorando mais 3 pontos. (Foto: Rodrigo Pinheiro)
Pior da partida: Carlinhos hoje, apesar do passe, teve uma partida de baixíssimo nível.

Melhor da partida: Aylon. O jogador que já apareceu muitas vezes no "mandou mal", tem crescido muito nos jogos, melhorado seu desempenho e hoje conseguiu finalmente o que tem se esforçado muito para conseguir, o belo gol que nos deu a vitória.

Comentários: Hoje a dupla de zaga teve algumas falhas, mas nada que tenha comprometido. Thiago Martins, em alguns momentos da partida, mesmo com outras possibilidades, acabava insistindo no jogador que estava sofrendo marcação intensa, o que levou em alguns momentos a perda da bola. Capanema errou alguns passes, mas tentou "se desculpar" durante a partida, roubando boas bolas. Temos visto alguns jogadores atrasarem muito o jogo, voltando à bola e isso prejudica muitas vezes a equipe, hoje Yago sozinho pedindo a bola, via os jogadores apenas segurando a bola. O time depois do gol do Aylon cresceu assustadoramente, se tivesse começado assim o segundo tempo, poderia ter tido um placar bem maior. Bruno Veiga entrou depois do apelo da torcida e perdeu oportunidades incríveis de aumentar o placar.

Próximo confronto: o Paysandu volta aos gramados nesta sexta-feira (12), no Estádio Frasqueirão, para enfrentar o ABC-RN, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

Paysandu: Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Ricardo Capanema (Edinho), Fahel, Jhonnatan e Carlinhos (Augusto Recife); Aylon e Leandro Cearense (Bruno Veiga). Técnico: Dado Cavalcanti

Paraná: Wendell; Danilo Baia, Leo Coelho (Luiz Felipe), Zé Roberto e Fernandes; Jean (Marcos Paraná), Washington, Éder e Rafael Costa (Paulo Henrique); Henrique e Fernando Viana. Técnico: Nedo Xavier

Arbitragem: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE), Armando Lopes de Sousa (CE) e Marcos Santos Vieira (AM)
Cartões amarelos: Fahel, Aylon, Capanema e Recife. (Paysandu); Jean, Marcos Paraná e Wendell (Paraná)

Texto: @_cassiagouvea | Fotos: @RPinheiro_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.