Header Ads

Paysandu confirma sua ineficiência fora de casa

Na noite desta sexta-feira (30), o Paysandu esteve em Santa Catarina para enfrentar o primeiro Avaí, adversário que já havia vencido no primeiro turno. Porém, mais uma vez, deixou transparente sua dificuldade em jogar fora de casa e sofreu sua primeira derrota para um time catarinense na Série B 2016.

O Papão saiu derrotado de Santa Catarina (Foto: Divulgação Twitter/Paysandu) 
O Paysandu começou a partida bem e aos 8' já chegava com perigo ao gol do adversário com Tiago Luís chutando rasteiro de fora da área, mas a bola acabou indo para fora. Bem na partida, o time se viu prejudicado por um erro individual, quando aos 22', Lucas cometeu pênalti, derrubando João Filipe na área. Marquinho cobrou mal, rasteiro, no meio do gol, entretanto, Emerson havia pulado para o canto esquerdo e não conseguiu fazer a defesa.

Apesar do gol, o time visitante ainda era melhor na partida e quase conseguiu o empate com Tiago Luís, que em uma cobrança de falta de muito longe, mandou a bola no travessão. O jogo que parecia estar tomando o rumo do empate, sofreu uma reviravolta, novamente por erro individual. Roniery fez falta e Marquinhos cobrou, Renato desviou, a bola bateu em Emerson e entrou.

No segundo tempo, o Paysandu até tentou, primeiro com Cearense, logo aos 2', quando ele recebeu a bola após cobrança de escanteio de Rafael Costa e mandou de peixinho para fora. Mas o Avaí estava determinado em segurar o placar e até mesmo ampliar. Teve boas oportunidades que acabaram não tendo êxito por causa de Emerson.

O Paysandu perdeu e se perdeu por dois erros individuais, depois não conseguiu se reencontrar. 

Palavra da colunista: É irônico que numa das melhores escalações feitas por Dado, tenhamos perdido de uma maneira tão "difícil" de aceitar. 

Difícil aceitar que a comemoração pela ausência de João Lucas tenha durado pouco mais de vinte minutos, já que seu substituto acabou cometendo um erro imperdoável, indiscutível. Difícil saber que estamos chegando ao final da temporada e não tivemos um único lateral - tanto esquerdo, como direito - que enchessem os olhos de nós torcedores. 

Não dá para pedir Raí para lateral esquerda se você viu o Campeonato Paraense. Não dá para pedir João Lucas se você tem olhos vê a quantidade de cruzamentos que ele erra e a quantidade de bola nas costas que ele leva. Mas também não dá para levar Lucas na lateral se a fase dele é, indiscutivelmente, ruim. Chegou a hora de buscar alguém que há muito já conhecemos... é hora de dar oportunidade ao Pablo na esquerda ou buscar alguém da base. Como está não dá para ficar.

Próximo jogo: O Paysandu volta a jogar nesta terça-feira (04), às 21h30, contra o Vasco, no Mangueirão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.