Header Ads

Paysandu mantém sua sina e perde mais uma fora de casa

Na noite desta sexta-feira (14), o Paysandu, até então 14° colocado, enfrentou o Atlético-GO, líder do Campeonato, no Olímpico, buscando deixar o Z4 ainda mais longe. A tarefa não seria fácil e boa parte dos torcedores já previam o pior.

No começo da partida, o time goiano demonstrava uma superioridade e buscava mais o jogo, entretanto, a defesa do Paysandu estava atenta e impedia as investidas do clube da casa. Com o decorrer do tempo, o alviazul foi melhorando em campo e teve o primeiro lance de real perigo no jogo, quando aos 24', Tiago Luís foi lançado na entrada da área, tentou o drible em Kléver e o goleiro rubro-negro botou a mão na bola fora da área, fazendo falta. Logo depois, Tiago Luís cobrou bem e por pouco não abriu o placar, Kléver teve de se esticar todo para tirar o perigo.

A resposta do Atlético-GO veio aos 28', quando Júnior Viçosa levantou na área e Luiz Fernando cabeceou para o gol, mas viu o goleiro Emerson, atento, fazer a defesa. Doze minutos após o lance, Matheus Ribeiro foi lançado na área e tentou cruzar fechado, dessa vez, Emerson se atrapalhou e espalmou para dentro do gol.

O empate do Papão veio ainda no primeiro tempo, com um golaço de Tiago Luís, que de uma longa distância, chutou e acertou o ângulo. A virada quase aconteceu aos 46', mas João Lucas acabou acertando a trave.

No segundo tempo, o Atlético voltou a ficar na frente no placar logo aos 6', quando Matheus Ribeiro chutou de fora da área e marcou um golaço. Depois disso, o time mandante passou a fechar mais seu time, dificultando as investidas do Paysandu, que só levou grande perigo aos 19', em cobrança de falta de Tiago Luís, que fez Kléver defender em dois tempos.

O time visitante tentou sair para o jogo, buscar o empate, colocou em campo jogadores que trariam mais velocidade para a equipe, porém esbarrou na forte marcação do adversário e não conseguiu mudar o placar.

Palavra da colunista: Antes do início da partida, os torcedores já esperavam um resultado ruim, mas com o andamento do jogo, o contexto mudou e o placar final acabou não sendo condizente.

O primeiro tempo do Paysandu foi totalmente superior ao segundo, buscou mais e jogou muito mais. Teve oportunidade de ficar na frente e de dificultar ainda mais o jogo do Atlético. Já no segundo, o time não conseguiu manter a qualidade do primeiro e acabou sofrendo com isso.

Rodrigo Andrade, que tem sido muito elogiado pela torcida, acabou tendo uma atuação muito abaixo do esperado, falhou no primeiro gol e no segundo, virou de costas para Matheus Ribeiro, que facilmente pôde chutar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.