Header Ads

Estraga-prazer: Paysandu vence CRB e diminui chances do acesso regatiano

(Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Na noite desta sexta-feira (11), o Paysandu enfrentou o CRB, no Rei Pelé. O time paraense não buscava mais nada no campeonato, já estava maticamente mantido na Série B 2017, porém ainda podia aprontar e diminuir as chances de acesso do time Alagoano. E foi o que aconteceu.

Do lado alvirrubro, estava o antigo técnico do Papão, Mazola Júnior, que tem a ira de muitos torcedores alviazuis. Mas que deixou a torcida feliz em 3 dos últimos 4 confrontos, foram 2 vitórias para o time paraense, um empate e apenas uma vitória regatiana.

O JOGO

O primeiro tempo da partida teve um nível técnico muito baixo, as jogadas não resultavam em boas chances e quando se chegava perto de uma boa finalização, ela era desperdiçada. No cruzamento de Galdezani, aos 6’, Emerson tirou de soco.

Quase oito minutos depois, novo desperdicio, Welinton Júnior recebeu passe de Magrão e cruzou rasteiro, entretanto, nem Zé Carlos e nem Roger Gaúcho conseguiram a finalização e a bola só foi passando por todo mundo.

Já o Paysandu não conseguia praticamente “nem desperdiçar”. Com muitos erros de passe e com dificuldades para elaborar as jogadas, o time não deu trabalho para o goleiro Júlio César que só via a bola passar longe de sua meta.

Na segunda etapa, o time visitante parecia ter vindo diferente, demonstrando uma clara melhora. E demorou vinte e cinco minutos para ser recompensado por isso. Tiago Luís cobrou escanteio, tentaram o chute e a zaga afastou, a bola acabou sobrando para Cleyton, que de muito longe marcou um golaço.

O alviazul continuou buscando jogo e quase ampliou com Tiago Luís aos 27’, porém, o atento Julio Cesar fez a defesa e tirou o perigo. Já o time da casa acabou sofrendo com impedimentos e falta de domínio, decretando a vitória do Lobo em seu mando.

Polêmica: Muito conhecido em Belém pela sua “boca”, Mazola Júnior voltou a culpar a arbitragem pela derrota e até comentou sobre possibilidade de “mala branca”. Dado Cavalcanti, por sua vez, declarou que o ex-treinador do Paysandu estava pensando demais no acesso e esqueceu de se preocupar com a qualidade do time que enfrentou.


Próximo jogo: O Paysandu volta a jogar no sabádo, dia 19, contra o Vila Nova, no Serra Dourada. O jogo será às 16h30.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.