Header Ads

Lobo devora águia

Num jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Paraense, o Paysandu enfrentou o Águia de Marabá, na tarde deste sábado (18), no Mangueirão. A partida, que tinha como mandante o Azulão, foi realizada em Belém por culpa das péssimas condições do Zinho de Oliveira, Estádio do Águia, em dias de chuva.

Nos primeiros segundos de jogo, o Paysandu já assustava e não demorou para ser recompensado. Com 1’, Ayrton cobrou escanteio e a bola sobrou para Bergson, que acertou o chute direto para o gol, fazendo 1x0 para o clube belenense. Quatro minutos depois do lance, o Papão fez o seu segundo, quando Leandro Carvalho levantou a bola na área, Alfredo ganhou do marcador e tocou na saída do goleiro.

Apesar da vantagem do alviazul, o time não deixou de atacar e buscava o terceiro gol a todo custo. Aos 22’, quase conseguiu. Mas Maicki Douglas não deixou. Leandro Carvalho tabelou com Bergson e o último tentou a finalização, impedido pelo goleiro do Azulão. Depois de cinco minutos, o Paysandu conseguiu fazer 3x0, Leandro Carvalho passou por Ednaldo, cruzou rasteiro, Alfredo fez o corta luz e Wesley bateu forte para a meta de Maicki Douglas.

(Foto: Fernando Torres/ASCOM Paysandu)
O Lobo mantinha a posse de bola, indo ao ataque várias vezes, com oportunidades. A melhor foi aos 36’, quando Ayrton bateu falta na área e Alfredo, sozinho, cabeceou por cima do gol. O Águia só conseguiu chegar à área do Papão aos 41’, com Carlos Eduardo parecendo bem nem pela ponta direita e cruzando na área, Vinicius tentou o desvio, porém Pablo conseguiu tirar o perigo da jogada.

Na segunda etapa, o Azulão fez alterações na equipe para tentar mudar a situação da equipe. Saíram Eric e Felipinho para entrada de Cleo e Ramon. Com 3’, Cleo enfiou a bola, Perema errou o corte e Vinícius chutou para o gol, Emerson deu rebote, a pelota sobrou para Tiago que, sozinho, errou o chute, na melhor oportunidade do Águia no jogo. O time teve outra oportunidade aos 21’, crescendo no jogo, quando Kaíque chutou de fora da área e a bola pegou efeito, passado perto do goleiro alviazul.

O Paysandu só ameaçou o time mandante aos 32’ com Ricardo Capanema, que arriscou o chute de fora da área e a bola foi na trave. E depois aos 43’ quando Wilkerson chutou rasteiro, Aslen chegou batendo de esquerda e Maicki Douglas fez milagre para evitar a última chance de gol da equipe bicolor. A partida acabou como terminou o primeiro tempo, com 3x0 no placar.

Próximo jogo: O Lobo jogará novamente nesta quinta-feira (23), contra o Castanhal, no Modelão, às 20h00. Jogo válido pela sexta rodada do Parazão.

Palavra da colunista: Nesta tarde, o Paysandu conseguiu decidir o jogo com cinco minutos jogados, diante de um Águia apático, que só se tornou ofensivo no segundo tempo. O placar poderia ter sido ainda mais largo, porém depois desses cinco minutos, apesar da postura adotada, só foi feito mais um gol. Com toda certeza, ficou barato para o time marabaense.

Podemos destacar em mais um jogo, Leandro Carvalho, que tem se tornado peça chave e que com a sequência, deve ajudar ainda mais o time. Em dois jogos como titular, ele marcou um gol e deu três assistências. O ataque, em si, melhorou bastante. Alfredo fez seu segundo gol pelo Papão em dois jogos e Bergson chegou ao seu quarto gol com a camisa alviazul. Foi mais uma partida em que o ataque se complementou.

Aslen e Wilkerson, os garotos da base do Lobo fizeram uma boa partida. O primeiro com chances de fazer seu primeiro gol pelo profissional. E Wilkerson fazendo bom cruzamento e atacando bem, o lateral-esquerdo também sabe atuar como meia e ponta, ainda não atuou nessas duas posições no profissional, mas tem qualidade em ambas. Duas promessas boas para o clube.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.