Header Ads

A montanha-russa da Série B

Na noite deste sábado (19), o Paysandu enfrentou o Paraná, no Mangueirão. O time paraense tinha a missão de buscar os três pontos, com o apoio da sua torcida e conseguir se afastar de vez do Z4, chegando na parte superior da tabela e podendo sair do sobe e desce constante.

No primeiro tempo os times já demonstravam qual seria o panorama da partida. Ambos pareciam "tímidos" e demoraram a sair para o jogo, fazendo poucas jogadas de grande perigo. 

Aos 11', Lucas Taylor cruzou e a bola passou por todos e o goleiro paranista espalmou para frente, dando a sobra para Recife, que finalizou fraco e nas mãos do goleiro Richard. O Paraná só conseguiu dar uma resposta aos 23', quando Renatinho cobrou falta e Eduardo Brock desviou de cabeça, Emerson saiu mal e bola saiu por cima do gol. 
(Foto: Futura Press)
Dezessete minutos depois, o Paysandu voltou a levar perigo ao adversário. Primeiro em uma falta cobrada por Rodrigo que desviou na defesa e quase enganou o goleiro, mas acabou saindo. O segundo, aos 42', saiu após tabela entre Nando e Rodrigo e resultou num chute de longe, que passou muito perto do gol.

Na segunda etapa, Gualberto foi substituído por Diego Ivo, por estar machucado. Mas quem voltou diferente mesmo foi o tricolor, que aos 8' quase abriu o placar, quando Renatinho botou a bola na área e Iago Maidana desviou de cabeça, obrigando Emerson a fazer bela defesa.

O alviazul chegou ao ataque em um escanteio cobrado por Diogo Oliveira e finalizado com cabeceio de Renato Augusto, que passou muito perto do gol. O time mandante continuou tentando chegar ao gol, porém suas tentativas eram travadas antes mesmo de se tornarem perigosas.

Nos minutos finais o jogo passou a esquentar. Aos 40', o clube da Vila Capanema puxou contra-ataque e João Pedro finalizou forte e o goleiro bicolor espalmou. Oito minutos depois, um lance polêmico ocorreu, Rodrigo Andrade cruzou e a bola pegou na mão de Róbson Fernandes na área, entretanto, o juiz mandou o jogo seguir.

A partida acabou como começou. Num 0x0 que só prejudicou o clube paraense e o levou o time de volta para perto da zona.

Próxima partida: O Paysandu volta a jogar nesta sexta-feira (25), contra o Internacional, no Beira-Rio, às 21h30. No primeiro turno, o alviazul derrotou o time colorado

Palavra da colunista: O Paysandu tentou se portar como o torcedor vinha pedindo, como tem jogado fora de casa. Com pouca posse, jogando em contra-ataques. No segundo tempo o time viu dificuldade quando teve tomar iniciativa.

A partida teve algumas surpresas. Umas agradáveis e outras nem tanto. Nela vimos Lombardi fazer uma partida melhor do que as que vinha fazendo. Mas também vimos Diogo Oliveira entrar desligado, o mesmo parecia nem ver os companheiros melhores colocados, fazendo uma partida fraca.

O ataque não agradou muito o torcedor. Uma noite ruim de ambos os atacantes. Nem mesmo a velocidade de Magno o ajudou nesta partida e Marcão não soube se posicionar, teve dificuldade para ganhar bolas. Não correspondendo quando foi exigido.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.