Header Ads

Faltam pouco: 33/45

Na noite deste terça-feira (26), o Paysandu recebeu o Guarani dentro de casa, pela vigésima sexta rodada da Série B. A partida tinha tudo para ser difícil, pois ambos precisavam muito da vitória. O alviverde vinha de uma sequência de 4 jogos sem vencer, que estava fazendo com que o time caísse pela tabela. Já o Papão precisava convencer a torcida e começar uma sequência positiva.

O jogo esquentou rapidamente, quando aos 6', Kevin cruzou na cabeça de Bruno Nazário, que subiu sozinho e balançou as redes, fazendo 1x0 para o Guarani. O Paysandu tentava construir jogadas, mas encontrava muita dificuldade. Aos 11', Bergson pegou sobra após falta cobrada e chutou com força na direção do gol, porém Vágner acabou fazendo a defesa.

O time da casa tinha uma maior posse de bola, entretanto, esta não era muito produtiva. Esbarrava sempre na marcação adversária. Até que aos 25' Bergson recebeu de Diogo Oliveira e tentou o chute de longe, surpreendendo o goleiro adversário, a bola passou raspando a trave de Vágner. Dois minutos depois, Kevin derrubou Guilherme na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Bergson converteu e empatou a partida.
(Foto: Jorge Luís/ASCOM Paysandu)
O Guarani quase ficou novamente a frente do placar, quando aos 43', Kevin tocou para Rafael Silva cabecear para o gol e Emerson conseguiu fazer a defesa.

O segundo tempo começou melhor para o alviazul, já que aos 5', Salomão cometeu falta dura, levou o segundo amarelo e foi expulso. Depois disso, o Paysandu ainda teve uma excelente oportunidade de virar a partida, quando Rodrigo Andrade roubou a bola no campo de ataque e arriscou, mas Vágner espalmou e tirou o perigo.

O Lobo passou a perder muitas chances claras. Aos 32' Diego Ivo recebeu de Bergson e cabeceou para o gol, a bola passou raspando a trave. Três minutos depois, o time perdeu a maior chance do segundo tempo, quando Marcão desviou com força, quase dentro do gol e Vágner conseguiu fazer a defesa.

Mas a virada viria logo. Aos 38' Guilherme Santos cobrou escanteio para o meio da área e Diego Ivo subiu sozinho para cabecear e virar a partida para o time paraense.

Com o resultado, o alviazul chegou aos 33 pontos e subiu para a décima segunda colocação. Mais 12 pontos e o time pode se livrar de vez do rebaixamento.

Próximo jogo: O Paysandu volta a jogar nesta sexta-feira (29), contra o Juventude, sexto colocado, no Estádio Alfredo Jaconi, às 21h30. No primeiro turno, os times ficaram no 0x0.

Palavra da colunista: Infelizmente, esta partida foi um pouco mais complicada do que deveria. No primeiro tempo, o Paysandu não conseguia definir seu sistema e parecia jogar em dois blocos, vivendo praticamente de ligação direta, o que acabou prejudicando uma verdadeira reação após o gol.

A noite foi de abrir os olhos para o lateral Guilherme Santos, que se mostrou, novamente, muito seguro e útil para o time. Mas também de ver que Recife não deveria estar em campo, falhava para iniciar o ataque e às vezes se escondia de jogadas. Bergson atrasou o jogo, prendendo muito a bola, mais uma vez, faltou coletividade para o atacante.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.