Header Ads

CSA garante vaga para Série C em duelo inesquecível

Um jogo mais do que emocionante. CSA e Ituano fizeram um confronto inesquecível, principalmente para o torcedor Azulino, que saiu do Estádio Rei Pelé neste domingo chuvoso com muito entusiasmo e orgulho de sua equipe. 

Cerca de 8 anos separaram o CSA da Série C, mas agora tudo mudou e a equipe já tem acesso garantido na competição. A batalha continua na Série D e o time já conseguiu o objetivo principal, que era o acesso a 3° divisão. Porém, porque não pensar no título da Série D? Capacidade e bom futebol o time já mostrou que tem de sobra, resta agora continuar no mesmo ritmo e o título virá por consequência.

O JOGO:

1°TEMPO

Em jogo decisivo, CSA e Ituano-SP se enfrentaram na tarde deste domingo (4) no Estádio Rei Pelé. O confronto, que teve início às 16h, terminou com o placar de 1x0 para o time Azulino, gol do artilheiro Cleyton, um dos destaques da equipe na partida. Como o Azulão já havia conquistado uma vitória fora de casa por 2x1 no jogo de ida, o clube Alagoano conseguiu o acesso para a 3° divisão, será um dos 20 clubes que desputaram a Série C em 2017 e continua na briga pelo título da Série D desse ano.

O duelo começou debaixo de chuva no Estádio Rei Pelé. O CSA mostrou inteligência e tranquilidade nos primeiros instantes e estava perto de encontrar o primeiro gol. Aos 5 minutos, Rayro levantou a bola na área, o goleiro Fábio se atrapalhou e por pouco Jônatas Obina não empurrou a redonda para dentro da rede paulista. Aos 10', a chuva deu uma trégua e as equipes buscavam atacar com velocidade para surpreender os defensores.

Sempre colocando agilidade em suas investidas, o Azulão chegou com perigo aos 19 minutos. O lateral-direito Denílson avançou e arrematou forte, mas Fábio conseguiu espalmar e salvar o Galo Carijó. Aos 21', Bismarck cobrou tiro livre para a área e Douglas Marques desviou de cabeça para a linha de fundo. O rubro-negro tinha mais posse de bola quando o relógio marcou 25 minutos, mas o arqueiro azulino ainda não tinha trabalhado com mais intensidade neste duelo.

O artilheiro Cleyton, até o momento pouco acionado, resolveu mudar a história da partida aos 32 minutos. Após uma tabela com Washington, Obina avançou pela esquerda de ataque e cruzou rasteiro para o camisa 7, que de "chapa" mandou a bola para o fundo da meta do Ituano-SP e levantou a massa azulina no Estádio Rei Pelé. Com o placar parcial de 1x0, o Azulão estava ficando mais perto do acesso para a terceira divisão nacional.

O Ituano teve uma oportunidade de deixar tudo igual aos 39 minutos, mas o volante Guly cobrou falta na meia-lua da grande área e finalizou por cima do gol de Jeferson. Aos 44', Simião escapou pelo setor esquerdo e levantou a bola para Marcão, que se antecipou aos marcadores e cabeceou para fora das quatro linhas. O centroavante, inclusive, era o mais procurado pelos jogadores do time paulista. Após três minutos de acréscimos, o árbitro encerrou a primeira parte de futebol.

2°TEMPO

Modificados, os times retornaram para a segunda etapa. Aos 4 minutos, Bismarck encontrou Obina em boas condições de marcar o segundo, mas Fábio saiu bem do gol e dividiu com o atacante azulino. O rubro-negro voltou com maior preenchimento de atletas no setor de ataque e, aos 8 minutos, o meia-atacante Morato tentou surpreender o goleiro Jeferson em cobrança de falta, mas o camisa 1 do time marujo colocou a bola para escanteio.

A equipe paulista vinha melhorando seu desempenho, enquanto o CSA começou a errar alguns passes na defesa. Em seguida, foi a vez de Cleyton experimentar de fora da área e Fábio, com muito esforço, espalmou para escanteio. Para dar mais velocidade nas jogadas, o técnico Oliveira Canindé tirou Bismarck de campo e escalou Katê.

O time marujo voltou a tomar as ações do duelo e esteve perto de ampliar o marcador na metade do tempo final. Aos 25 minutos, Obina avançou sozinho pela esquerda e, mesmo sem ângulo, conseguiu arrematar para a boa defesa do goleiro Fábio.

Três minutos depois, Cleyton tabelou com Katê e chutou rasteiro para o arqueiro da equipe paulista aparecer mais uma vez. Nas arquibancadas do Estádio Rei Pelé, a torcida do CSA já começava a comemorar o acesso e entoava os cantos já conhecidos pelo torcedor.


O Ituano-SP tentou pressionar na reta final da partida. O zagueiro Naylor quase igualou o placar aos 35 minutos quando, após cobrança de falta do goleiro Fábio, o jogador subiu de costas para o gol e desviou à esquerda da meta da equipe do Mutange. Aos 48', o zagueiro novamente subiu para cabecear, mas Jeferson espalmou para longe. O árbitro finalizou a partida e o CSA conseguiu a tão sonhada vaga para a Série C 2017.


Lucas André || @luc4s_andre
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.