Header Ads

Tabu na Vila? Na Era Ceni, não

Luiz Araújo e Cueva colocam Santos para dançar e São Paulo acaba com tabu na Vila Belmiro.

Era o primeiro clássico do São Paulo com Rogério como técnico, no Brasil (teve na Flórida Cup contra o Corinthians), torcida única santista, tabu de nove anos sem vencer na Vila Belmiro, tudo conspirava em um placar nada agradável para o Tricolor Paulista... Entretanto, Cueva e Luiz Araújo mudaram essa história e o jogo terminou em 3 a 1 para o São Paulo.

O Tricolor começou o jogo completamente desorganizado, o time era o mesmo, mas estava perdido na movimentação santista. Assim, aos 10' os volantes (Thiago Mendes e João Schimdt) falharam na marcação e Buffarini, sozinho, não conseguiu conter Vitor Bueno, que cruzou na cabeça de Copete, marcando o gol do peixe. Ainda no final do 1º tempo, o Tricolor começou a se ajeitar e Gilberto foi derrubado dentro da área, o juiz marcou pênalti, que Cueva, com "cuevadinha", converteu. Primeiro tempo acabou em 1 a 1.

Neilton que não apareceu no jogo, não voltou no intervalo e em seu lugar entrou Luiz Araújo. Assim Santos não conseguia manter a posse de bola e recuava a linha defensiva. Se aproveitando da falha do meia Lucas Lima, Luiz Araújo e Gilberto tabelaram, o garoto de Cotia saiu na cara de Vladimir, o driblou e tocou, virando o placar. Santos colocou mais um atacante, mas de nada adiantou, quem marcou de novo, foi ele, Luiz. Sidão lançou para Araruna que encontrou Cueva livre, o peruano se livrou de 1, 2, 3... Marcadores santistas e deixou o garoto na cara do gol, que novamente, só tocou, fazendo o 3º gol são-paulino da partida. São Paulo com posse de bola tirou o ritmo santista e na 2ª etapa decidiu em dois contra-ataques.

Na próxima rodada o Tricolor enfrenta o Mirassol, sábado (18/02), às 19h30, com a promessa de Morumbi lotado (novamente), além de possivelmente ser a estreia de Lucas Pratto com a camisa do São Paulo.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), Santos - SP
Gols: Copete (SAN); Cueva e Luiz Araújo (2) (SAO)
Cartões Amarelos: Zeca, Bruno Henrique e Rodrigão (SAN); Thiago Mendes, Cícero, Neilton e Cueva (SAO)
Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araujo, auxiliado por Anderson Jose de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo

SANTOS
Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Zeca; Thiago Maia, Leandro Donizete (Bruno Henrique) e Lucas Lima (Thiago Ribeiro); Vitor Bueno, Copete e Kayke (Rodrigão). Técnico: Dorival Júnior

SÃO PAULO
Sidão; Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Júnior Tavares; João Schmidt, Thiago Mendes (Araruna) e Cícero; Neilton (Luiz Araújo), Gilberto e Cueva (Bruno). Técnico: Rogério Ceni

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.