Header Ads

Tudo empatado no primeiro jogo da final

Quase 27 mil pessoas lotaram a Ilha do Retiro para o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste e viram um jogo franco com dois tempos distintos, o Sport foi mais ofensivo e perigoso na primeira etapa, já no segundo tempo, a boa distribuição tática do Bahia se sobressaiu e encurralou o Leão. No placar, o 1x1 deixou aberta a decisão com boa vantagem do Tricolor baiano.


Apesar do primeiro lance de perigo ter sido do Bahia, foi o Sport quem impôs um volume ofensivo maior na primeira metade do jogo. O criticado Matheus Ferraz, que fez uma boa partida, cabeceou uma bola na trave e logo depois o ataque Rubro Negro, liderado por Diego Souza, deixou Rogério em condições de marcar duas vezes, mas o camisa 17 não foi preciso nos arremates. Como quem não faz, leva, o Bahia chegou ao gol depois de um cruzamento pela direita que atravessou toda a grande área e caiu nos pés de Zé Rafael que chutou cruzado para o fundo das redes, mas a arbitragem anulou o gol alegando impedimento de Renê Junior que não tocou na bola, mas pela interpretação do arbitro, interferiu na jogada. Lance polêmico!

Depois do intervalo foi o Bahia quem veio pra cima, o Tricolor com muita organização tática e boa transição de bola chegava com muita facilidade à área do Sport, numa dessas, depois de jogada pela esquerda a bola foi cruzada na área, Matheus Ferraz cortou parcialmente, mas sobrou para Juninho soltar o pé e o grito de gol na garganta dos torcedores do Bahia.

A essa altura, o time e torcida do Sport pareciam ter desistido da partida, a falta de transição e compactação da equipe, não davam muita esperança, o time só fazia ligações diretas, mas Juninho, este do Sport, que a pouco tinha entrado, aproveitou cobrança de escanteio e deu números finais à partida. Um 1x1 que deu ao Tricolor de Aço a vantagem de poder empatar em seus domínios.

O técnico Ney Franco tem sido muito cobrado pela torcida por conta de apresentações muito ruins da equipe, ontem o Sport mostrou que pode ser melhor que os últimos jogos, mas ainda deixou muito a desejar no plano tático e em organização. Não sei se a culpa é do treinador ou se a formação do elenco Leonino foi mal feita, Diego Souza quase foi vaiado pela ingrata torcida do Sport, pois não fez uma boa partida, sobretudo no segundo tempo, mas no banco não tinha ninguém que pudesse fazer essa aproximação no lugar dele ou ao lado dele, voltando de lesão, ele não pôde suprir essa carência da equipe e não sei se ele é esse cara organizador que o time precisa.

Rogério vem numa fase muito ruim e pouco aciona seu companheiro de ataque, André, que fez uma boa partida vindo buscar o jogo e tentando se apresentar. A proteção de zaga ainda não se achou, Fabrício e Ronaldo são da base, mas ainda parecem muito verdes na marcação, apesar de Ronaldo ter feito boa partida ontem. O fato que o Sport tem muito a melhorar e a impressão é de que o técnico está sem um ambiente favorável ao seu trabalho. Diretoria precisa agir rápido e suprir as carências do elenco, quais sejam: um volante titular pra fazer dupla com Rithely, DOIS meias armadores/de ligação e um lateral esquerdo.

Concorda? Discorda? Comente! 

2 comentários:

  1. O juiz estragou o jogo. Muito fraco, inverteu muitas faltas, não deu cartão quando devia, anulou um gol legal. E apesar da falta de pulso do juiz os 2 times se preocuparam mais em jogar do que com o juiz. O bahia tem un time bem postado e deixou escapar a chance de fazer um placar melhor . O sport mostrou que é um time sem equilíbrio no meio de campo sem rithely, e apesar de ney franco fazer as alterações equivocadas, contou com a estrela do jovem Juninho. O segundo jogo está em aberto e tem tudo pra ser interessante. Vou torcer para a arbitragem não atrapalhar o jogo e que vença o melhor!

    ResponderExcluir
  2. Também espero que o juiz não atrapalhe, embora não tenha achado os erros tão absurdos. O lance do pênalti, confesso que não vi, o gol anulado é uma questão de interpretação... O comentarista da ESPN mesmo, achou correta a anulação. Único erro mesmo foi o escanteio que gerou o gol do Sport, que também é discutível pois o gol só sai na continuidade do escanteio, o Bahia poderia ter tirado a bola, enfim... Achei que a arbitragem errou mas não são erros grosseiros.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.