Header Ads

O VÉIO É DOIDO! (e a gente adora)



Jorge Jesus é absolutamente inconsequente. 

E que bom que seja assim. No seu comando, o Flamengo seguiu 100% no Maracanã com uma vitória sobre o Grêmio por 3x1 e segue na caçada do Santos.

O início não foi lá essas coisas. Com o desfalque de sua peça mais importante, Gabriel, improvisou Berrio na centroavância. Boa tentativa. Mas o plano de jogo era diferente. Ao contrário de todos os jogos, a pressão alucinada sobre o adversário não aconteceu e o Flamengo esperou um pouco mais.

Não criou tanto. Enlouquecido na lateral do campo, Jesus mudou tudo. Tirou os jogadores mais avançados do centro e os levou pra ponta. Os ponteiros, Gerson e Arrascaeta, foram centralizados e o time ficou sem centroavante, abrindo espaço pra quem viesse de trás. Assim Arão fez o seu. Flamengo 1x0.

Jogo controlado, final do primeiro tempo teve pênalti juvenil de Pablo Marí em tempos de VAR. Lei do ex não falha. 1x1.

Na volta pro segundo tempo, o time voltou outro. Agora sim, agressivo e intenso, pra resolver nos primeiros 10minutos. Criaram-se chances, mas foi no lance aleatório que a coisa deu certo. Bruno Henrique cruzou no travessão e na sobra Arrascaeta fez. 2x1.

E foi nesse momento que Jesus mostrou-se mais uma vez um louco. Principalmente em terras de técnicos tão conservadores. Rafinha amarelou-se e Renato lançou Everton pra perturbá-lo o lateral rubro-negro.

Pensamos todos: "Tem que tirar o Rafinha. Vai ser expulso."

Deixou.

Chamou Everton Ribeiro pra entrar. Pensamos todos: "Não pode tirar o Berrío, ele dá força na cobertura do Rafinha".

Tirou Berrío. O lado direito era só ataque.

Chamou Piris: "Vai botar três volantes. Tem que ter cobertura do Rafinha".

Tirou Cuellar, e assim continuou o Flamengo. 

Inconsequente, não pensou nem um minuto na possibilidade de perder o jogo em um lance de Everton com Rafinha desprotegido.

Quis atacar, atacar, atacar e atacar. Foi premiado.

Fomos premiados. Everton Ribeiro e Arrascaeta se entendem como poucos e os lances saíram.

No final, Everton Ribeiro presenteou a massa com mais um.

Que o velho continue enlouquecido na beira do gramado, e querendo o gol o tempo todo. Entendeu muito mais o Flamengo do que outros que passaram por aí. Que siga assim.

No mais,
Saudações Rubro-negras

(Imagem: Fla Galaxy/Twitter)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.