Header Ads

Tá difícil...

Partida decepcionante do Corinthians contra o Internacional.
 (Reprodução/Pablo Nunes/Photo premium/Gazeta press)
Neste domingo (11), o Corinthians entrou em campo no Beira-Rio, às 11 da manhã. Se você, fiel, assistiu com seu pai na expectativa dos 3 pontos, o seu mau humor foi certo. A esperança para todos era um time ofensivo, para não fazer valer a lei do ex, já que Guerrero estava no time dos donos da casa.

Mas, infelizmente não foi isso que vimos em campo. Fabio Carille decidiu recuar o time o máximo possível. O time tentou várias vezes buscar finalização e outras jogadas, mas o único que trabalhou em grandes condições, foi Cássio.

Não tenho muito o que relatar neste pós jogo, apenas a minha indignação.
 Fagner fez uma falta imensa neste jogo, isso foi claro. Jogar as 11 da manhã em um domingo é uma sacanagem contra qualquer time também. Pelo menos o empate ainda deixa o time no G6 do campeonato e as próximas  partidas podem favorecer, e muito, o time a subir.

O Corinthians não está em uma fase de jogar mal. Eu penso que Carille está tentando variar um pouco sua escalação, vendo o que acontece. O problema do time foi ter perdido chances significativas de vitória nos jogos passados (leia-se contra o Palmeiras e Flamengo).


O time volta a jogar sábado (17), contra o Botafogo, na Arena Corinthians, às 17h. Espero voltar aqui semana que vem com boas notícias e talvez uma posição acima na classificação.


Escalação: Cássio; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel; Pedrinho (Everaldo), Júnior Urso, Sornoza (Matheus Jesus) e Clayson (Ramiro); Vagner Love.


Cartões amarelos: Danilo Avelar e Cássio.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.