Header Ads

Botafogo retorna à Série A com derrota

Desfalcado, o Botafogo recebeu o time reserva do São Paulo na manhã deste domingo (15), em Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira. O jogo era válido pela 1ª rodada do Brasileirão. O Glorioso foi surpreendido e saiu derrotado por 1 a 0. Com o resultado, o Alvinegro ocupa a 15ª posição na tabela de classificação. O Botafogo agora volta suas atenções para a Copa do Brasil, já que, na próxima quinta (19), o time enfrenta o Juazeirense (BA) e pode até empatar para avançar de fase por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1. 

O JOGO

O Botafogo começou melhor. Aos 4 minutos, Luis Ricardo recebeu nas costas de Matheus Reis e cruzou, mas o goleiro Renan Ribeiro defendeu. No minuto seguinte, Fernandes desarmou e tocou para Ribamar, que finalizou e viu o goleiro salvar. Aos 17', pela esquerda, Ribamar novamente finalizou e Renan Ribeiro novamente defendeu. Aos 21', Renan Fonseca cometeu falta desnecessária em Alan Kardec e o jovem Lucas Fernandes, com categoria, abriu o placar na cobrança na primeira chance do São Paulo no jogo. Helton Leite falhou, foi atrasado no lance. 


Helton Leite foi atrasado na jogada (Foto: André Durão)
Aos 23 minutos, o São Paulo quase ampliou com Lucas Fernandes, que roubou a bola no ataque e cruzou com perigo para Alan Kardec, que errou o tempo da bola. Aos 27', Centurión cruzou e Alan Kardec cabeceou, mas a bola passou por cima do gol. Aos 42', o Glorioso teve a chance de empatar o jogo quando Ribamar apareceu bem pela esquerda e chutou forte, porém Renan Ribeiro fez a defesa. E foi só. Aos 49', o primeiro tempo chegou ao fim. 

O Alvinegro voltou modificado para a etapa final já que Neilton foi substituído por Sassá. O São Paulo marcava mais adiantado. Aos 10 minutos, Bruno Silva arriscou, o goleiro Renan Ribeiro deu rebote e, na sequência, Leandrinho desperdiçou boa chance de empatar. Aos 14', Ricardo Gomes fez a segunda alteração no Botafogo, colocando Salgueiro no lugar de Bruno Silva. Aos 25', Anderson Aquino substituiu Leandrinho.

No minuto seguinte, o Botafogo poderia ter feito o gol quando Sassá desarmou Lyanco, ganhou a jogada e finalizou na rede pelo lado de fora. Aos 29 minutos, Centurión soltou uma bomba na entrada da área, obrigando Helton Leite a defender. Aos 46', Luis Ricardo cruzou, Renan Ribeiro soltou a bola e, no rebote, Ribamar tentou aproveitar, mas não deu em nada. Aos 48 minutos, o São Paulo foi prejudicado, já que Centurión, em posição legal, fez o gol anulado após marcação de impedimento inexistente. Aos 50', o jogo terminou. São Paulo 1 a 0.

OBSERVAÇÕES

O elenco do Botafogo é LIMITADO. Com vários jogadores lesionados, os substitutos não dão conta do recado.  

O time que entrou em campo hoje NÃO é o time titular. Isso traz um certo alívio. Jefferson, Joel Carli, Diogo Barbosa, Airton e Gegê são desfalques atualmente. No entanto, TODOS são titulares. Voltando, a equipe melhora. Pelo menos espero. Pensando também nos atletas que ainda chegarão, creio que o Botafogo tem capacidade de fazer um Brasileiro digno, melhor do que o de 2014, quando foi rebaixado. 

Ribamar não sabe finalizar, se posicionar e ainda por cima é EXTREMAMENTE individualista, fominha mesmo. E é o titular. Daí a importância de um goleador, um experiente, um cara matador no elenco. O ataque é SOFRÍVEL. É disparado o setor mais problemático.

Botafogo anunciou, na sexta (13), a volta de Rodrigo Pimpão. É uma ÓTIMA notícia. Pimpão será uma excelente opção. Mas sabemos que não é a solução...

No lance do gol, Renan Fonseca cometeu falta completamente DESNECESSÁRIA. E Helton Leite falhou. Foi atrasado. 

FICHA DO JOGO

Botafogo 0 
Helton Leite, Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca, Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva (Salgueiro), Fernandes, Leandrinho (Anderson Aquino); Neilton (Sassá), Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes. 

São Paulo 1 
Renan Ribeiro, Auro, Lugano, Lyanco, Matheus Reis; Lucão, Banguelê (Thiago Mendes), Lucas Fernandes (Rogério); Wilder (Kelvin), Alan Kardec, Centurión. Técnico: Edgardo Bauza. 

Estádio: Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ). 
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC). 
Assistentes: Neuza Ines Back (SC) e Helton Nunes (SC). 
Gol: Lucas Fernandes (21' do 1º T). 
Cartões amarelos: Leandrinho (Botafogo); Matheus Reis, Banguelê, Thiago Mendes, Lucas Fernandes e Wilder (São Paulo). 
Público: 5.465. 
Renda: R$ 148.790,00. 

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.