Header Ads

Flu estreia bem e acaba com jejum de 63 anos

Acabou a espera, o Campeonato Brasileiro está de volta. Admito que estou ainda com um pé atrás com relação a nossas chances de uma boa campanha, mas essa vitória foi boa para já começar lá em cima e acabar com esse tabu de 63 anos sem vitória sobre o Coelho. Foi um 1-0 merecido e que poderia ser até mais se, principalmente, Fred e Richarlison tivessem aproveitado melhor as várias chances que tiveram.

América-MG x Fluminense  - 15/05/2016
Mais um gol pro Capita, agora são três em dois jogos
Foto:Nelson Perez/ Fluminense FC
O primeiro tempo foi bem truncado, com o América se defendendo bem mesmo com a movimentação do quarteto de ataque tricolor. Osvaldo e Scarpa trocaram de posição algumas vezes e Fred voltava para o meio campo eventualmente para puxar marcação, rodar a bola e começar o ataque. Numa saída errada do time mineiro, conseguimos o chute de Osvaldo que sobrou para Richarlison tocar para trás e Fred marcar.

Essa formação de 4-2-4 é boa para empurrar o adversário na defesa, mas muito perigosa nos contra-ataques. Uma jogada rápida do América pegava nosso time com cinco, seis lá na frente. Se formos contar que um dos que ficam é o Cícero, que não consegue correr, é uma exposição muito arriscada. Quero ver quando jogarmos contra um time mais difícil, como o Palmeiras na terceira rodada, se o comportamento será o mesmo.

América-MG x Fluminense  - 15/05/2016
Levir elogiou a postura de Fred ao engraxar a chuteira de Richarlison: "Liderança positiva"
Foto: Nelson Perez/Fluminense FC
Na segunda etapa, o Flu começou a administrar o resultado. Levir acertou nas substituições e no tempo delas. Já estávamos levando uma certa pressão e nosso técnico tirou Richarlison e colocou Gérson. Com isso, reforçamos o meio campo e tiramos os dois atacantes centrais que não eram mais necessários. Substituir Osvaldo por Marcos Junior foi para puxarmos contra-ataques com sangue novo, e a última foi forçada por mais uma lesão de Jonathan. Joga muito nosso lateral, mas machuca mais ainda. Se não fosse pela lesão, acho que poderíamos ter colocado o Higor Leite para ter mais um ali no meio, pois o América estava com facilidade para trocar alguns passes por ali já no final do jogo.

Se o Campeonato acabasse hoje, estaríamos na Libertadores. Espero que essa nossa passagem pelo G4 não seja relâmpago. O próximo jogo é em casa contra o Santa Cruz e temos tudo para ganhar mais três pontos: Scarpa jogando demais, Fred voltando a marcar e uma intensidade de jogo gigante. Fato negativo foi a atuação do Henrique, que várias vezes entregou bolas tranquilas.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.