Header Ads

Aquecimento Olímpico: Hipismo

A modalidade é mais do que a técnica e habilidade do atleta. Com mais de dois mil anos de história, o hipismo é sobre a sincronia entre cavalo e cavaleiro, a confiança entre os dois e muita atenção no percurso.


Lá vem história...

O hipismo foi inventado há mais de dois mil anos na Grécia e apareceu nos Jogos Olímpicos pela primeira vez em Paris, em 1900. O esporte só ficou permanentemente no programa olímpico depois que as três provas disputadas até hoje (adestramento, concurso completo de equitação (CCE) e saltos) entraram na Olimpíada de Estocolmo, em 1912.

No início, apenas homens militares podiam participar das competições nas Olimpíadas. Entretanto, em Helsinki, 1952, esse quadro começou a mudar. Naquele ano, competidores civis se inscreveram pela primeira vez e as mulheres tiveram permissão para participar.

O Brasil já ganhou medalhas em três oportunidades, todas com Rodrigo Pessoa envolvido, o grande nome do esporte brasileiro. Na primeira, em Atlanta, 1996, nosso país levou o bronze na categoria de salto por equipes, feito que se repetiu em Sydney, 2000. Em Atenas, 2004, Rodrigo deixou a bandeira verde e amarela no lugar mais alto do pódio com o ouro no salto individual.

Rio 2016

O objetivo do hipismo é que o cavalo e seu cavaleiro, em harmonia e sincronia, passem por um percurso e completem movimentos livres e obrigatórios, somando ou perdendo pontos dependendo de como os executam. Esta é a única modalidade olímpica em que homens e mulheres competem juntos na disputa por medalhas em condições iguais.

Na Olimpíada, o hipismo é dividido em três modalidades:

Adestramento: Cavaleiro e cavalo fazem uma série de movimentos, incluindo alguns obrigatórios, e devem executar todos com o maior nível de perfeição possível. Os juízes dão notas por disciplina, prontidão e elegância, exigindo perfeita sintonia do conjunto.

Saltos: Para os saltos, basicamente o cavaleiro e seu cavalo precisam passar de dez a quinze obstáculos. O vencedor será quem acabar a prova mais rápido e com menos faltas.

Concurso Completo de Equitação (ou CCE): Essa modalidade reúne três provas em uma só. O conjunto (cavalo e cavaleiro) disputam adestramento, salto e cross-country. O objetivo é mostrar habilidade em diversas situações e completar o circuito completo.


Local de competição: Centro Olímpico de Hipismo

O Centro Olímpico de Hipismo não fica em um lugar tradicional para turistas. Localizado na região de Realengo, Magalhães Bastos é um bairro de classe média da Zona Oeste e será a casa do esporte nos Jogos.

Construído para o Pan-Americano de 2007, o Centro passou por reformas para estar nos Jogos Olímpicos. A área tem todas as estruturas necessárias para que os envolvidos na modalidade possam trabalhar sem problemas e o público possa aproveitar.

LEIA: Aquecimento Olímpico - Levantamento de Peso

Mariana Sá | @imastargirl 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.