Header Ads

Em confronto direto, Sampaio leva a melhor sobre o Tupi

Em duelo de lanternas, o Sampaio Corrêa recebeu o Tupi no Estádio Castelão pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Muito superior durante todo o jogo, a Bolívia Querida fez valer o mando de campo e mostrou o porquê do canto “Aqui no Maranhão quem manda é o Tubarão”. Vitória maiúscula por 3 x 1.


O jogo teve um início bem movimentado, com o tricolor tocando bem a bola e chegando com velocidade ao ataque. Mas quem deu o primeiro susto foi o time mineiro. Aos 12 minutos, a defesa boliviana marcou mal e Vinicius Kiss recebeu bola enfiada de Jonathan dentro da área. O meia finalizou na saída de Rodrigo Ramos, que conseguiu defender e mandar a bola para a linha de fundo.

Pimentinha se mostrava bastante participativo no jogo, diferentemente de outras ocasiões neste campeonato. Na linha de fundo, ele fez o passe para Lucas Sotero dentro da área, que finalizou colocado, mas com um leve desvio do goleiro a bola tocou a rede por cima do gol. No minuto seguinte, a Bolívia Querida abriu o placar. O camisa 10 do tricolor, Lucas Sotero, em um lance de rara felicidade, cobrou o escanteio pelo lado direito e a bola entrou direto para a rede, gol olímpico.

Ao longo do primeiro tempo, o tricolor maranhense efetuou vários lançamentos diretos, conscientes, para a velocidade de Pimentinha, tentando encontrar a defesa do Tupi mal posicionada. Em um lance assim o Sampaio quase conseguiu ampliar o marcador. Rafael Estevam lançou do campo de defesa para Pimentinha entre dois defensores. Ele dominou e, na saída do goleiro, finalizou de esquerda, frustrando os torcedores que viram a bola tocar a rede, mas pelo lado de fora. Chegando pouco ao ataque, o time mineiro ainda encontrou espaço para chutar de fora da área e assustar o arqueiro tricolor. A bola beijou a trave direita. Próximo ao fim do primeiro tempo, o Tupi chegou ao empate. Em ataque pela esquerda, Jonathan invadiu a área e finalizou para a defesa de Rodrigo Ramos, espalmando para frente. A bola tocou na cabeça de Rafael Estevam e tocou o travessão. Na sobra, Rubens, com o gol livre, apenas empurrou para o fundo das redes.

O segundo tempo começou sonolento. O Sampaio parecia abatido com o gol de empate. Mas aos 9 minutos, após cruzamento de Estevam, a bola passou por Elias e Felipe Baiano cabeceou com perigo. Aos 22’, o Tricolor de Aço deu mais uma alegria aos seus torcedores. Edgar, que havia entrado no lugar de Jean Carlos, invadiu a área pela esquerda, após ótimo passe de Rafael Estevam, levou a bola para a linha de fundo, limpou o marcador e cruzou para Pimentinha, bem posicionado às costas da zaga e livre, somente empurrar para o gol.

O Tricolor de São Pantaleão não se acomodou com o resultado positivo parcial e continuou dominando a partida, atacando com tranquilidade, sem levar sustos em contra-ataque. Aos 33’, Luiz Otávio deu números finais ao confronto. Rafael Estevam, em cobrança de falta pela esquerda, levantou na área. O xerife tricolor subiu sozinho e testou para o chão, enganando o goleiro Rafael Santos. A bola encontrou o fundo das redes e decretou a vitória da Bolívia Querida.

Foi a melhor partida que o Sampaio fez em treze rodadas. O time assumiu outra postura, dominando a posse de bola e atacando com os cuidados necessários na defesa. A Bolívia Querida conseguiu criar muitas chances, bem mais que em jogos anteriores. Lucas Sotero fez uma boa partida, conseguindo conduzir o time ao ataque. O lateral esquerdo Rafael Estevam também se destacou com ótimos passes em profundidade e uma assistência.

Mesmo com a vitória, o tricolor ainda não deixou a lanterna, mas empatou nos pontos com o próprio Tupi. Na próxima rodada, o time maranhense precisará vencer o Paysandu, clássico Norte-Nordeste, na próxima sexta-feira (01/07), no Estádio Castelão, às 19h15, e depender de um resultado negativo do Tupi e da derrota de Bragantino e Joinville para encostar-se ao Goiás, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Pra cima deles, PAIO!

FICHA DO JOGO:
SAMPAIO CORRÊA 3 x 1 TUPI

Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data/Horário: 28 de Junho, 20h30.

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos; Eder Sciola, Wágner Fogolari, Luiz Otávio e Rafael Estevam; Renan Ribeiro (Levi), Felipe Baiano e Lucas Sotero (Henrique); Jean Carlos (Edgar), Pimentinha e Elias. Técnico: Wagner Lopes

TUPI: Rafael Santos; Recife, Bruno Costa, Rodolfo Mol e Douglas; Filipe Alves, Marcos Serrato (Thiago Silvy) (Ygor), Rafael Jataí (Gabriel Sacilotto), Vinicius Kiss e Jonathan; Rubens. Técnico: Estevam Soares

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.