Header Ads

Guia da Série D – Grupo A1 até A5

Após os guias das três principais divisões, o Linha de Fundo não poderia deixar de trazer o da Série D, que será um pouco diferente devido ao número maior de clubes. Dividimos em algumas partes e essa será a segunda da série especial que preparamos sobre a competição. Neste texto, falaremos sobre os clubes dos grupos A1 até A5, que representam a região Norte/Nordeste do Brasil.


GRUPO A1: Atlético-AC, Nacional-AM, Trem-AP e Gênus.

ATLÉTICO ACREANO
Fundação: 1 de julho de 1952
Cidade: Rio Branco-AC
Estádio: Arena dos Vales
Jogador mais importante: Polaco (meio-campo)
O Atlético garantiu vaga na Série D sagrando-se campeão do Campeonato Acreano (depois de 25 anos sem levantar a taça no estadual) em cima do Rio Branco. Essa é a terceira participação do time na 4ª divisão, que busca melhorar suas lembranças deste campeonato (foi eliminado duas vezes na primeira fase). Para isso o Galo Carijó conta com jogadores importantes, como Polaco, o craque do estadual e também foi atrás de reforços. O zagueiro Miller e o meia-atacante Careca são duas das novidades no elenco. 


NACIONAL FUTEBOL CLUBE
Fundação: 13 de janeiro de 1913
Cidade: Manaus-AM
Estádio: Arena da Amazônia ou Colina
Jogador mais importante: Charles (meia-atacante) e Nonato (atacante)
O Nacional é o atual campeão amazonense, foi assim que conquistou sua vaga na Série D. Este ano o clube disputou a Copa do Brasil e a Copa Verde e foi eliminado em ambas, na CB, caiu na primeira fase para o Dom Bosco e na CV, saiu na segunda fase, quando enfrentou o Remo. Mas isso não desanimou tanto, pois eles acreditam no acesso. Para chegar lá, o Naça resolveu mudar o treinador, foi então contratado Wagner Benazzi para assumir este cargo. Além desta chegada, o Leão Amazonense trouxe jogadores que prometem lutar para chegar à Série C, como Nonato, Malaquias e Jones. 

TREM DESPORTIVO CLUBE
Fundação: 1 de janeiro de 1947
Cidade: Macapá-AP
Estádio: Estádio Olímpico Zerão
Jogador mais importante: Balão Marabá (meia)
O Trem se classificou para a Série D após se tornar vice-campeão Amapaense em 2015 (o estadual de 2016 inicia-se dia 6 de junho). O time foi desmontado após a final contra o Santos, já que ficaria um ano inteiro sem disputar nada, visto que no ano passado, o Amapá só tinha uma vaga no Brasileiro. A Locomotiva Macapaense começou a montar o time há pouco tempo, mas o treinador Sandro Macapá se diz confiante no time que está sendo montado. Alguns nomes são conhecidos da torcida, como o goleiro Evandro, o atacante Diego Ratinho e o meia Diogo Pirata. Além deles, o time confirmou a contratação de Balão Marabá e do atacante Luciano Marba. O técnico usará muitos dos atletas da base, que recentemente se tornou campeã do amapaense Sub20.


SPORT CLUB GENUS DE PORTO VELHO
Fundação: 15 de novembro de 1991
Cidade: Porto Velho-RO
Estádio: Aluízio Ferreira de Oliveira (Aluízão)
Jogador mais importante: Tcharles (atacante) e Alex (meia)
O Gênus é atual campeão estadual e chegou à Série D por ter conquistado uma vaga na final do primeiro turno. O Aurigrená da Capital eliminou o ASA-AL na Copa do Brasil e passou para a segunda fase, depois de nove anos sem um clube rondoniense passar de fase. A expectativa do clube é fazer uma boa campanha na fase de grupos e chegar ao mata-mata, mesmo com todo o equilíbrio do grupo que participa.

GRUPO A2: Princesa de Solimões, São Francisco-PA, Baré-RR e Palmas.

PRINCESA DO SOLIMÕES ESPORTE CLUBE
Fundação: 18 de agosto de 1971
Cidade: Manacapuru-AM
Estádio: Olímpico Municipal Gilberto Mestrinho (Gilbertão)
Jogador mais importante: Lacraia (meia-atacante)
O Princesa do Solimões chegou à Série D após tornar-se vice-campeão amazonense. O clube disputou a Copa do Brasil no primeiro semestre e foi eliminado na primeira fase pela Chapecoense. O alvirrubro procurou investir em jogadores que já atuaram/atuam no norte e trouxe o atacante Leonardo, ex-Nacional e o Fininho, como os principais reforços.  Mas sua grande aposta mesmo é a torcida, o time volta a jogar no Gilbertão, que passou por uma reforma e passou bastante tempo “parado”.

SÃO FRANCISCO FUTEBOL CLUBE
Fundação: 30 de outubro de 1929
Cidade: Santarém-PA
Estádio: Colosso do Tapajós
Jogador mais importante: Jeferson Monte Alegre (atacante)
O São Francisco ganhou a vaga após passar para a final do segundo turno. O clube venceu o segundo turno, mas acabou perdendo a final do Parazão para o Paysandu, num jogo único em que a partida terminou 2x1. Apesar da boa campanha, o Leão fez inúmeras contratações (e perdeu atletas importantes), visando não fazer feio na sua primeira participação na Série D. O goleiro Alencar Baú, os atacantes Jeferson Monte Alegre e Aleilson são três dos mais de sete nomes que vieram. Jeferson foi o artilheiro do Parazão e, por isso, deve ser o principal nome do time.

BARÉ ESPORTE CLUBE
Fundação: 26 de outubro de 1946
Cidade: Boa Vista-RR
Estádio: Vila Olímpica Roberto Marinho
Jogador mais importante: Cacau (meio-campo) e Thiago Paraná (atacante)
O Baré confirmou sua primeira participação na Série D após vencer o primeiro turno do Campeonato Roraimense. O clube acabou se tornando vice-campeão do Roraimão depois de perder para o São Raimundo-RR nos pênaltis. Para se dar bem na D, o Índio da Consolata depende muito da atuação de dois atletas, o meia Cacau e o atacante-artilheiro Thiago Paraná.

PALMAS FUTEBOL E REGATAS
Fundação: 31 de janeiro de 1997
Cidade: Palmas-TO
Estádio: Nilton Santos
Jogador mais importante: Caio (atacante)
O Palmas ganhou a vaga na Série D, pela segunda vez, após a desistência do Interporto que havia sido vice-campeão do estadual no ano anterior. O tricolor jogou o campeonato brasileiro no ano passado pelo mesmo motivo. Em 2015, o clube treinou apenas 10 dias, mas fez uma boa atuação, conseguiu passar em segundo lugar no seu grupo, entretanto, foi eliminado pelo Remo no mata-mata. No tocantinense, o Arara-azul fez uma campanha muito fraca, sendo rebaixado para a segunda divisão. Mas a torcida permanece confiante, pois o time já busca reforços para tentar se sair ainda melhor do que no ano passado.

GRUPO A3: Rio Branco-AC, São Raimundo-PA, Rondoniense e Náutico-RR.

RIO BRANCO FOOTBALL CLUB
Fundação: 8 de junho de 1919
Cidade: Rio Branco-AC
Estádio: Arena da Floresta
Jogador mais importante: Ley (lateral)
Conquistou a vaga na D após vencer o primeiro turno do Campeonato Acreano. Mesmo com uma boa campanha o clube acabou perdendo o estadual para o Atlético Acreano. Na Copa Verde, o time foi eliminado na segunda fase pelo Paysandu e não conseguiu chegar as semis. No ano passado, o sonho do acesso foi destruído pelo Ypiranga, que venceu as duas partidas no mata-mata. Para ir mais longe, o Rio Branco conta com Ley, o lateral-direito de origem, é a prata da casa e tem 34 anos. Recentemente, o alvirrubro perdeu o técnico Édson Júnior e busca alguém para ocupar o cargo.

SÃO RAIMUNDO ESPORTE CLUBE
Fundação: 9 de janeiro de 1944
Cidade: Santarém-PA
Estádio: Zinho de Oliveira
Jogador mais importante: Wanderlan (zagueiro)
O primeiro campeão da Série D volta à competição após conseguir se reerguer de uma grande crise. O São Raimundo passou quatro anos na segunda divisão do Estadual e somente no ano passado conseguiu o voltar para a elite do futebol paraense. Na sua volta ao Parazão, o clube fez a terceira melhor campanha da competição e teve o artilheiro da competição (com oito gols). No primeiro turno, não conseguiu chegar ao mata-mata, mas no segundo classificou-se para a semifinal em primeiro lugar no seu grupo, entretanto, acabou sendo eliminado pelo Cametá. O clube ficou esperando seu maior rival (São Francisco) se sagrar campeão para poder comemorar a vaga na quarta divisão do estadual. Sua principal arma para a competição é o zagueiro, considerado um verdadeiro xerife, Wanderlan, que fez um excelente Campeonato Paraense e o atacante Tony Love que chega ao Pantera com status de goleador.


RONDONIENSE SOCIAL CLUBE
Fundação: 3 de março de 2010
Cidade: Porto Velho-RO
Estádio: Aluízio Ferreira de Oliveira (Aluízão)
Jogador mais importante: Marco Aurélio (atacante)
O Rondoniense garantiu sua participação na Série D após tornar-se campeão do primeiro turno do campeonato estadual. O time mantém a liderança da competição no returno. Se dentro de campo tudo parece estar indo bem, fora dos gramados o Periquito da Zona Leste enfrenta problemas, o clube está com salários atrasados e alguns jogadores já ameaçam sair. Recentemente, Ricardo da Rocha assumiu o comando do time e estreou vencendo. Marco Aurélio, artilheiro com 13 gols, é a principal aposta do time para uma boa campanha na quarta divisão.

NÁUTICO FUTEBOL CLUBE
Fundação: 22 de dezembro de 1962
Cidade: Boa Vista-RR
Estádio: Vila Olímpica Roberto Marinho
Jogador mais importante: Eduardo Magrão (volante) e Robemar (atacante)
O Naútico de Roraima, como é chamado, garantiu vaga após chegar a final do primeiro turno do Campeonato Roraimense, o time acabou se tornando vice, após perder para o Baré. No segundo turno, o alvirrubro chegou novamente a final e mais uma vez, foi vice, após perder para o São Raimundo. O Urubu tem feito boas participações em recentes competições nacionais, apesar de sofrer muito com problemas extracampo. Recentemente, foi eliminado pelo Vitória-BA da Copa do Brasil, jogando bem. O volante-artilheiro Eduardo Magrão e o atacante experiente Robemar, são as apostas do clube para se sair bem na Série D.

GRUPO A4: Santos-AP, Moto Club, Águia de Marabá e Tocantinópolis.

SANTOS FUTEBOL CLUBE
Fundação: 9 de janeiro de 1944
Cidade: Macapá-AP
Estádio: Estádio Olímpico Zerão
Jogador mais importante: Rafinha (atacante)
O Santos chegou à Série D pela quarta vez – terceira consecutiva, após sagrar-se campeão do estadual de 2015. O Peixe jogou a Copa Verde e foi eliminado na primeira fase, depois de perder o segundo jogo para o Nacional, fora de casa, por 4x2. Na outra competição disputada no ano, a Copa do Brasil, o clube sofreu nova eliminação, desta vez para o Santos-SP. No início deste ano, foram feitas contratações para suprir as perdas de grandes nomes, os atacantes Rafinha e Armando Maranhão e os meias Renan e Bruno, foram os contratados. O alvinegro subiu meninos da base, que tiveram boa atuação na Copa São Paulo de Futebol Júnior, para ajudar na missão de ir mais longe ao campeonato.

MOTO CLUB DE SÃO LUÍS
Fundação: 13 de setembro de 1937
Cidade: São Luís-MA
Estádio: Nhozinho Santos e Castelão
Jogador mais importante: Curuca e Rodrigo Ramos
Após vencer o primeiro turno do Campeonato Maranhense, o Moto Club ganhou o direito de estar na Série D deste ano. O clube acabou vencendo o estadual, depois de vencer o segundo turno em cima do seu grande rival, Sampaio Corrêa. Este ano, a Enguia rubro-negra não quer fazer feio na Série D e quer superar sua melhor colocação no campeonato, que foi em 2014, quando chegou ao 6º lugar. E para se sair bem o time Motense já começou suas contratações, o atacante Lilico, o goleiro Márcio Arantes e o volante Batata, são alguns dos novos nomes. O Moto ainda conta com o volante Curuca e o goleiro Rodrigo Ramos como os principais atletas para essa disputa.

ÁGUIA DE MARABÁ FUTEBOL CLUBE
Fundação: 22 de janeiro de 1982
Cidade: Marabá-PA
Estádio: Zinho de Oliveira
Jogador mais importante: Flamel
O Águia de Marabá garantiu sua vaga sendo rebaixado no ano anterior. O clube jogava a Série C desde 2008, onde em duas oportunidades ficou muito próximo do acesso. O Clube Paraense fez um grande primeiro turno no Paraense, chegando as semifinais (eliminado pelo Paysandu, nos pênaltis), entretanto, no segundo não conseguiu obter os mesmos êxitos, somando poucos pontos e escapando por muito pouco do rebaixamento à segunda divisão do Parazão. Na Copa Verde, apesar de ter passado da fase preliminar com resultados “grandiosos”, o Águia teve sua eliminação sacramentada pelo STJD, após escalação de atleta irregular. O atleta mais importante e que mais participa dos gols é o Flamel, o meia “carregou” o time nas costas nos campeonatos jogados. A expectativa, apesar do turno final ruim, é de brigar pelo acesso.


TOCANTINÓPOLIS ESPORTE CLUBE
Fundação: 1 de janeiro de 1989
Cidade: Tocantinópolis-TO
Estádio: João Ribeiro (Ribeirão)
Jogador mais importante: Renatinho e Pedro Panca
O time chegou à Série D por ser Campeão Tocantinense de 2015. Mas se o ano passado foi feliz para o Tocantinópolis, 2016 não começou do melhor jeito, o time foi rebaixado no campeonato estadual e eliminado da Copa do Brasil na primeira fase, pelo Juventude. O Papagaio ainda não se reforçou para a quarta divisão, mas conta com seus remanescentes para não fazer feio na competição. O meio campo Pedro Panca e o artilheiro do time, Renatinho, são os principais nomes para essa disputa.

GRUPO A5: Juazeirense, Icasa, Maranhão e Altos-PI
SOCIEDADE DESPORTIVA JUAZEIRENSE
Fundação: 2006
Cidade: Juazeiro-BA
Estádio: Adauto Moraes
Jogador mais importante: Alex Travassos e Nino Guerreiro 
O Juazeirense garantiu participação na Série D mesmo sendo o quarto lugar do Baianão de 2016, isso porque o campeão e o vice já tem divisão e dois times se classificariam para a quarta divisão. Na Copa do Brasil, o tricolor eliminou o Cuiabá, mas acabou sendo eliminado na segunda fase pelo Botafogo. O time tem o artilheiro Campeonato Baiano, Nino Guerreiro, que fez seis gols e desbancou nomes como Hernane Brocador e Kieza. Outro nome importante pode ser o lateral-direito, Alex Travassos, que tem uma boa bola parada e pode ser uma das armas do clube baiano para a quarta divisão.



ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA RECREATIVA CULTURAL ICASA
Fundação: 7 de janeiro de 2002
Cidade: Juazeiro do Norte-CE
Estádio: Mauro Sampaio (Romeirão)
Jogador mais importante: Lopes.
Depois de um rebaixamento na Série C de 2015, o Icasa garantiu sua participação na quarta divisão do Brasileiro. O time que participa pela primeira vez da Série D, não teve um começo de ano muito feliz, o Verdão do Cariri foi rebaixado no Campeonato Cearense e busca se recuperar desta crise. O clube será comandado pelo português Paulo Morgado, que já disse que precisava urgentemente de reforços e criticou a qualidade do elenco. O time conta com alguns atletas experientes e rodados no Ceará, como o goleiro Lopes.

MARANHÃO ATLÉTICO CLUBE
Fundação: 24 de setembro de 1932
Cidade: São Luís-MA
Estádio: Nhozinho Santos
Jogador mais importante: Paulo Rafael
O Maranhão se garantiu na quarta divisão após chegar à final do primeiro turno e sagrar-se vice-campeão. Apesar de ter se saído bem no começo do campeonato, o time não conseguiu fazer a mesma campanha no segundo turno e ficou só esperando Cordino e Imperatriz não chegarem as finais para comemorar a vaga. O Demolidor, como é popularmente conhecido, é comandado pelo técnico Luís Miguel e já fez contratações importantes para esta Série D. Entre os grandes nomes, está o goleiro Paulo Rafael, rodado no futebol paraense e que recentemente se tornou conhecido não só pelas suas defesas, mas também pelos seus gols.

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DE ALTOS
Fundação: 2013
Cidade: Altos-PI
Estádio: Municipal Felipe Raulino (Felipão)
Jogador mais importante: Esquerdinha
O Altos chegaria com status de campeão do segundo turno, mas o time acabou perdendo o título TJD-PI, após escalação de um jogador irregular. Apesar disso, o time vem com grande expectativa para essa competição. O Jacaré, comandado pelo técnico Nivaldo Lancuna, aposta no fator casa para se dar bem nesta Série D. Seu principal nome para esta competição é o meia-atacante Esquerdinha, o garçom do time no Campeonato Piauiense.

O Linha de Fundo agradece aos assessores de Nacional, Gênus, Princesa, Baré, Rio Branco, São Raimundo, Naútico e Águia pela colaboração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.