Header Ads

Nacional empata em casa e liga alerta

Tinha tudo para ser um jogo tranquilo na tarde de sábado, em Manaus. Enfrentando o Atlético Acreano, o Naça faria sua estreia em casa na Série D. Amplamente favorito, a torcida (que foi em número baixo, pouco mais de 1.200 presentes) esperava uma vitória. O que se viu em campo foi um time apático, nervoso e que parecia totalmente perdido em alguns momentos.

Jones: Jogador de Série B e reserva do Charles. Ué.
O JOGO:

Antes de dar 20 minutos do primeiro tempo, o jogo já estava 0x2 para o Atlético Acreano com dois gols de Josy, sendo um originado de um pênalti infantil. O jogador que ano passado havia tido uma passagem apagada e figurava no banco do Princesa do Solimões. O time manauara entrou totalmente desligado na partida e cometia erros graves de movimentação, fundamentos técnicos e coletivos. Havia um buraco entre defesa e ataque, porque o meio campo não existia. O entrosado time adversário era bastante leve e mesmo não sendo brilhante tecnicamente, sabia explorar a fragilidade nacionalina. Esquerdinha diminuiu no fim do primeiro tempo e o Naça foi para o intervalo jogando um pouco melhor.

Malaquias levando esse time nas costas no começo de Série D.
Na volta para o segundo tempo, aquele nervosismo e descoordenação voltaram e o time parecia jogar a final de uma Copa do Mundo de tão nervoso. Outro pênalti cometido e Polaco marcou o terceiro. A partir daí, mesmo desorganizado, o time começou a depender de suas individualidades e conseguiu o empate. Após perder vários gols, Nonato fez o segundo e Jones empatou a partida. O clube amazonense ainda poderia ter saído com a vitória se Nonato não houvesse perdido um gol na pequena área, cabeceando nas mãos do goleiro no último minuto: 3x3 que gerou bastante apreensão na torcida.

OPINIÃO DO COLUNISTA:

Amigo, tá f&#*... Diferentemente do jogo em Porto Velho, o time entrou irreconhecível e levou dois gols inadmissíveis. O elenco não é bom, é ótimo. Vários jogadores de Série B e C que vieram com OBRIGAÇÃO de subir. O problema é a falta de entrosamento ainda, que parece pesar. A fase de alguns jogadores é horrível, como a de Charles. O jogador erra TUDO que tenta. É difícil entender como Rafael Bastos, Jones e Leandro Chaves não recebem oportunidades. O time deve classificar em segundo, mas o alerta vermelho já foi ligado. Foi mostrado o poder de reação no jogo de hoje e que as individualidades começaram a resolver. Com o MÍNIMO de organização, ele classifica em primeiro, se quiser. Agora o tiro pode sair pela culatra e nada mudar, são possibilidades. Chance ainda há, e é necessário sonhar. Que os jogadores acordem e entendam que subir é obrigação!

VAMOS, NAÇA!

@gabrielantony_ || Gabriel Antony 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.