Header Ads

O medo de perder tira a vontade de ganhar

Não sou o torcedor que sabe tudo dos bastidores do clube, não conheço totalmente da política do Internacional, estou pouco informado sobre o que está sendo feito com a comissão técnica, não sei o que os jogadores vibram com a vitoria ou choram com a derrota no vestiário. O que eu consigo ver é que o Internacional da era Pezinho no Chão está terminado.

Os últimos três resultados que o time sofreu me fizeram pensar muito sobre, claro que eu entendo que momentos bons e ruins acontecem no clube e que um time é cíclico, nunca será uma constante. Mas o que aconteceu com o Botafogo no Beira Rio não é fácil de aceitar. Não da pra aceitar o que o grupo anda fazendo, se acadelando diante de times medíocres. O medo de perder tá tirando a vontade de ganhar. O time entrou mal em campo, parecia que só estava ali para bater ponto. Esperou o Glorioso fazer os gols e dominar o jogo DENTRO dos nossos domínios.

Foto: Deive Pazo
Cada dia mais eu vejo os jogadores sem esmero. Anderson se arrasta em campo, mas vive pedindo para a torcida vibrar junto com os gols. Gustavo Farrareis marcou um gol apenas e está totalmente intimidado dentro das quatro linhas. Alguns jogadores que mal são relacionados ou que nunca estrearam com a camisa do Inter que já ficam ostentando chuteiras coloridas e telefones caríssimos. Esses são o futuro do futebol do time, falta de envolvimento e ostentação?

Ontem um dos maiores volantes do Internacional foi tirado de nós, Caçapava, o jogador que defendeu o Inter nos anos dourados do Colorado, um dos grandes dos anos 70. O tempo do Celeiro de Ases tinha valores no futebol, respeitavam a camisa acima de tudo. Representavam com orgulho o time e o seu país através do esporte, onde pouco se importavam com valores. O Colorado perdeu mais um ídolo que nos alertam cada dia mais que o futebol mudou e não está agradando a quem está vendo isso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.