Header Ads

Pré-temporada da NFL - Semana 2: Muitas caras novas e resultados surpreendentes

Mais uma semana da pré-temporada chegou ao fim e estamos cada vez mais perto do início oficial da NFL. Foram mais jogos com dominações, placares apertados e resultados surpreendentes. Além disso, continuamos vendo aqueles jogadores que vieram do Draft ou que ficam esquecidos no elenco no resto da temporada em campo. Confira o resumo dos jogos e todos os resultados:

(Foto: Reprodução/NFL)
Philadelphia Eagles 17 @ 00 Pittsburgh Steelers
O Eagles conseguiu um belo massacre em Pittsburgh, que teve um desempenho terrível do QB Landry Jones, jogando quatro interceptações durante o jogo, incluindo uma retornada para touchdown, o único do primeiro tempo. Essa é a segunda partida que o Steelers não marca um TD ofensivo sequer. A franquia da Filadélfia não pôde contar com Carson Wentz, que fraturou a costela e ficará fora do restante da pré-temporada. Ben Roethlisberger, Le'Veon Bell, DeAngelo Williams e Antonio Brown ficaram fora mais uma vez, o que diminuiu muito a qualidade técnica em campo.

Cincinnati Bengals 30 @ 14 Detroit Lions
Logo em sua primeira posse de bola, Cincinnati conseguiu um ótimo touchdown com Jeremy Hill, que havia se machucado no primeiro jogo e ainda assim fez uma grande partida contra o Lions. O WR Marvin Jones, ex-jogador do Bengals, não conseguiu marcar apesar de receber quatro bolas em 65 jardas. O QB Matthew Stafford conseguiu lançar 113 jardas e acertou oito dos onze passes que tentou, mas não conseguiu um TD sequer e foi interceptado por Derron Smith, que retornou direto para a endzone e marcou um TD de 60 jardas.

Atlanta Falcons 24 @ 13 Cleveland Browns
A segunda derrota do Cleveland Browns veio em casa. Diante de um embalado Falcons, foi difícil segurar Matt Ryan e companhia, que conseguiram um touchdown logo no primeiro drive. A defesa de Atlanta teve boa atuação e conseguiu segurar o empenhado QB Robert Griffin III, que lançou para 159 jardas, dois touchdowns e ainda conquistou uma quarta descida, mas não foi suficiente para derrotar os adversários.

Oakland Raiders 12 @ 20 Green Bay Packers
A segunda vitória de Green Bay veio com um atropelo no adversário. Jogando em casa, a franquia soube aproveitar sua torcida à favor e, sem Aaroon Rodgers mais uma vez, conseguiu bom ataque terrestre com Eddie Lacy, que correu nove vezes para 45 jardas e ainda fez um touchdown. Além disso, o Raiders ainda sofreu duas interceptações e não conseguiu passar pela defesa adversária.

Chicago Bears 22 @ 23 New England Patriots
O famoso "empolgou" chegou a Chicago quando a franquia conseguiu abrir 11 a 0 logo no primeiro tempo no Gillette Stadium. Entretanto, Jimmy Garoppolo, substituto de Tom Brady, atuou bem e desta vez foi muito importante para New England. Foram 17 pontos só para virar ainda na primeira etapa e, na volta do intervalo, a vantagem foi ampliada para 23 a 11. O Bears ainda resistiu e foi atrás do resultado, mas o esforço não foi suficiente. Na última jogada do confronto, os visitantes conquistaram um touchdown com conversão de dois pontos, mas já era tarde. Havia expectativa para que Tom Brady jogasse alguns drives. Isso, contudo, não aconteceu. E por um motivo inusitado: o QB havia cortado a sua mão com uma tesoura.

Minnesota Vikings 18 @ 11 Seattle Seahawks
Os torcedores presentes no CenturyLink Field puderam ver a reedição de uma das partidas mais emocionantes dos playoffs da temporada passada. Entretanto, o final foi diferente dessa vez. Destaque principalmente na defesa, o Minnesota Vikings conseguiu jogar melhor e ainda anotou um touchdown após interceptação com Marcus Sherels. Os QBs Shaun Hill e Russel Wilson não conseguiram fazer boa partida e tiveram muitos passes incompletos. Com isso, os primeiros pontos saíram apenas no fim do segundo quarto, quando o Vikings marcou o TD e ainda conseguiu a conversão de dois pontos. Seattle não teve sorte e, além de errar um field goal, só conseguiu marcar os primeiros pontos no último período.

New York Jets 18 @ 22 Washington Redskins
Jogando na capital norte-americana, os Redskins venceram os Jets em jogo bastante equilibrado. O jogo corrido foi o que fez a diferença, os Redskins controlaram bem a posse da bola e tiveram apenas um turnover contra três dos Jets. O destaque da partida foi Martell Spaight. O LB vem chamando a responsabilidade nesse inicio de temporada para a franquia de Washington.

Miami Dolphins 14 @ 41 Dallas Cowboys
Tony Romo não entrava em campo desde novembro de 2015 e logo em sua primeira campanha abriu o placar para os Cowboys. Porém, o nome do jogo foi o seu substituto Dak Prescott, o calouro fez mais um jogo solido e ajudou a equipe de Dallas a atropelar os Dolphins. Destaque também para a defesa dos Cowboys, que no segundo tempo praticamente anulou o ataque de Miami. Dak Prescott lançou 12/15 para 199 yds, 2 TDs lançados e 2 TDs corridos. Que baita achado esse QB de quarto round.

Arizona Cardinals 03 @ 19 San Diego Chargers
Em jogo morno, a franquia de San Diego passou sem dificuldades pelos Cardinals. A partida foi tão fraca tecnicamente que os destaques foram o kicker Josh Lambo, que marcou quatro field gols para o Chargers, e o CB Brandon Flowers, que interceptou Palmer e retornou para TD. Jogo tão ruim que poderia ser usado como exemplo para se explicar o que é a pré-temporada.

Carolina Panthers 26 @ 16 Tennessee Titans
Com Cam Newton presente na primeira etapa, os Panthers foram superiores aos Titans. A partida foi encerrada faltando 1’34” para o fim do terceiro quarto, por causa da forte incidência de raios em Tennessee. Enquanto isso, para passar o tempo, os perfis dos dois times no twitter disputaram uma partida de jogo da velha. 


New York Giants 00 @ 21 Buffalo Bills
Muito mais eficientes em campo, os Bills passaram com facilidade pelos Giants. Eli Manning e Odell Beckham Jr., que não entraram em campo na rodada anterior, participaram de alguns drives. Contudo, nem eles conseguiram tirar os Giants do zero. Eli terminou a partida com 4/9, 44 jardas, incluindo um passe de 22 jardas para OBJr.

Baltimore Ravens 19 @ 18 Indianapolis Colts
Com direito a interceptação conversão de dois pontos interceptada e retornada por Baltimore, os visitantes venceram por placar apertado. Pelo lado do Colts, uma notícia boa: Andrew Luck voltou a campo e esteve 100% no pouco tempo que jogou: 8/8. Foram os primeiros lançamentos do QB após a lesão da temporada passada.

Tampa Bay Buccaneers 27 @ 21 Jacksonville Jaguars
Em uma partida de muitos turnovers, os Buccs venceram os Jaguars. O Kicker Roberto Aguayo, que o Buccaneers selecionou absurdamente no segundo round do draft, já conseguiu errar três chutes em dois jogos: um XP, um FG de 32 yds e outro FG de 49 yds. Na NCCA, ele nunca havia errado um chute menor de 40 jardas.

New Orleans Saints 09 @16  Houston Texans
Jogando em casa, o Houston Texans não encontrou dificuldades para superar o Saints. Pela franquia de Houston, destaque para Jadeveon Clowney, que distribuiu pancadas. Vai ser no mínimo, traumático para os times adversários enfrentarem a defesa do Texans com Clowney, JJ Watt e Wilfork – se todos conseguirem permanecer saudáveis. Drew Brees participou apenas de alguns drives e não conseguiu nada além de uma interceptação.

San Francisco 49ers 31 @ 24 Denver Broncos
É essa a hora que os Niners começam a se iludir? Em um jogo em que até o recém-contratado QB Christian Ponder foi destaque, os 49ers derrotaram os Broncos. O LB Marcus Rush, com três sacks, também se destacou. Pelo lado do Broncos, segue a indefinição de  quem será o quarterback titular na temporada regular. Mesmo muita gente querendo negar Mark Sanchez é, hoje, o melhor nome. No entanto, não é um quarterback regular. Na partida de sábado, ao contrário da semana 1, não foi bem. Com a OL também tendo uma atuação fraca, Sanchez sofreu dois fumbles perto da endzone e mostrou não conseguir jogar sob pressão. Trevor Siemian, que começou jogando, parece ter dificuldades até de conectar passes de 10 jardas e Paxton Lynch, apesar de talentoso, ainda não está pronto para a NFL.

Kansas City Chiefs 21 @ 20 Los Angeles Rams
A expectativa sempre será da primeira escolha geral do Draft ser titular desde o primeiro dia em sua franquia. Contudo, sabemos que a transição do College para a NFL não é nada fácil. Jared Goff comprova isso. A primeira escolha geral do Draft voltou ao campo neste sábado para a segunda partida dos Rams na pré-temporada e mais uma vez não foi bem: oito passes completos de 12 tentados, 82 jardas e um TD. Os números podem até soar bons para uma pré-temporada. No entanto, nos dois drives em que o Kansas City Chiefs esteve com seus titulares em campo, Goff sofreu dois fumbles. Só no último quarto o rookie conseguiu entrar no ritmo, contra defensores que, possivelmente, serão desligados após a pré-temporada.

Janaína Wille (@janainawille), Marcílio Viana (@MarcilioVM) e Mariana Sá (@marigarboggini)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.