Header Ads

Vitória da redenção

Finalmente. Depois de inacabáveis 7 jogos de jejum, o Paraná Clube voltou a vencer na Série B do Brasileirão. Tudo começou nos empates frustrantes em casa, a derrota trágica em Criciúma pro time da casa e as dolorosas derrotas para Tupi, Brasil e Bahia, mas Lúcio Flávio decretou o fim dessa fase. Foi suado, contra o lanterna, mas foram 3 pontos importantíssimos para a sequência da competição.

(Foto: Gazeta do Povo)
 O jogo do Tricolor não passou nem perto de ser bom. O improviso de Leandro Silva no meio e a falta de inspiração de Robson e Fernando Karanga só piorava as coisas. As melhores oportunidades da equipe saiam pela direita com Diego Tavares e Guilherme Queiroz. O lateral foi um dos pouco que ‘se salvou’ na partida, já o estreante conseguiu demonstrar um pouco do seu repertório.

A segunda etapa foi bem mais movimentada para os dois lados, foram 3 gols anulados pela arbitragem, 2 a favor dos visitantes. Lucas Otávio substituiu Claudevan e deu outra dinâmica ao meio Paranista. Entretanto o tempo passava e ninguém abria o placar, foi quando Luiz Otávio resolveu dar uma entrada criminosa em Diego e foi expulso. Com um homem a mais a obrigação da vitória era do Tricolor, então Lúcio Flávio arrancou pela esquerda, se aproveitou da falha do marcador, limpou mais um zagueiro e bateu no canto pra garantir os 3 pontos.

(Foto: Rádio Cultura Foz)
Com o resultado o Tricolor abriu 7 pontos da ZR e ganhou 3 posições. Já para o G4 são 8 pontos. Como a metade da tabela está muito embolada e só estamos na metade da competição, o sonho do acesso ainda é possível, basta Martelotte reencontrar o time ideal. O próximo desafio é diante do Oeste, fora de casa, no sábado (03/09). O treinador contará com a volta de Anderson Uchoa e Rafael Carioca, que estavam suspensos. Já Leonardo, Henrique, Murilo e Valber continuam no DM.


Fellipe Soares || @_FellipeS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.