Header Ads

Magnata faz a diferença e Flu vence o Galo

Fluminense x ATL.MG  - 12/09/2016

O Flu conquistou mais uma vitória que nos deixa com o receio de empolgar. Dessa vez não foi contra um time qualquer da zona de rebaixamento. Jogamos contra o Atlético-MG e conseguimos mandar em quase o jogo inteiro. Claro que o time mineiro tinha desfalques e sabemos da irregularidade do nosso Tricolor, mas que deu gosto de ver o segundo tempo ontem, deu.

O primeiro tempo foi interessante. Levir Culpi errou ao colocar Marcos Junior e Danilinho de titulares, mas o resto do time estava bem. Wellington voltou a jogar a bola que o fez estar entre os 11, os laterais não comprometeram e a dupla de volantes foi bem. Conseguíamos ficar com a bola no ataque, mas faltava a referência. Tanta falta de eficiência acabou sendo punida com o gol de Robinho. Nossa zaga tem se mostrado sólida no um contra um só que em jogadas aéreas, todo mundo Galo entrou sozinho e fez na saída do Julio Cesar. 

Fluminense x ATL.MG  - 12/09/2016
Wellington foi para cima e fez belas jogadas
Foto:Nelson Perez/Divulgação FFC

Na volta do intervalo, Magno Alves entrou no lugar do apagadíssimo Danilinho e as coisas passaram a melhorar. Passamos a ter mais profundidade e a segurar mais os zagueiros na área. Cícero e Douglas subiram muito bem e o resultado foi o empate. Magnata foi lançado por Scarpa, que mandou pro meio da área e o nosso volante de 19 anos marcou seu primeiro gol pelo Flu. O empate veio e continuamos jogando bem. Levir colocou Marquinho e Maranhão e o efeito foi imediato: gol do camisa 77 nos segundo toque na bola. Scarpa, de falta, fez mais um e parecia que tínhamos fechado o caixão. Esqueci que jogávamos contra um time perigoso nos minutos finais. Otero diminuiu aos 43 e o desespero já começou a bater. Parecia que iríamos tomar uma pressão enorme, mas Magno Alves tratou de dar a terceira assistência dele no jogo, dessa vez para Maranhão, e fechamos o placar:4-2.

Fluminense x ATL.MG  - 12/09/2016
Quando as coisas vão bem, até o Maranhão faz gol
Foto:Nelson Perez/Divulgação FFC

Agora é ganhar da Chapecoense em Edson Passos e do Grêmio em Porto Alegre. Três vitórias seguidas nos deixarão na porta do G4 ou quem sabe lá dentro. Seremos os únicos a jogar em casa na próxima rodada e isso pode nos fazer subir mais alguma posição. A ordem para o time agora é não vacilar e para o nosso treinador é não inventar.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.