Header Ads

Rússia confirma favoritismo e Tailândia termina em segundo

A Rússia confirmou seu favoritismo e se classificou para às oitavas de final da Copa do mundo de futsal, após goleada de 7 a 1 sobre Cuba. Com 9 pontos em três jogos, e 14 gols de saldo, a seleção dos brasileiros Gustavo, Robinho e Eder lima passeou nos jogos do grupo B e agora enfrentará na próxima fase a seleção do Vietnã – estreiante em competições da FIFA - terça-feira (20), ás 17h30 (horário local) no Coliseu Ivan de Bedout, em Medellin.

A Tailândia, anfitriã do último mundial, decidiu a vaga no confronto direto contra o Egito, superando os faraós por 2 a 1, em jogo disputadíssimo, garantindo a classificacação em segundo. A seleção que foi terceira colocada no último campeonato asiático, volta a jogar na próxima quinta-feira (22), às 17h30 no Coliseu Ivan de Bedout, contra o também estreante em competições, Azerbaijão. Classificado após empatar na última rodada contra o Irã.

Balanço do grupo B

Rússia: Candidatíssima ao título, não tomou conhecimento dos adversários do fraco grupo B. Consegui os cem por cento de aproveitamento e um positivíssimo saldo de gols, com um ataque que colocou 19 bolas na rede e uma defesa que tomou apenas 6. Esses números simbolizam a superioridade da seleção que conta com os brasileiros Gustavo, Romulo, Robinho e Eder Lima, este, artilheiro da equipe com 5 gols. Os russos têm pela frente um jogo relativamente fácil, visto que o Vietnã ganhou apenas uma partida na fase de grupos, justamente na estreia contra a Guatemala em um jogo parelho. Depois desse confronto os viatinamitas amargaram um 7 a 1 contra o Paraguai e fecharam a sua participação na fase classificatória perdendo por 2 a 0 para a Itália. É muito difícil para o Vietnã surpreender os russos
, mas é bom lembrar que eles se classificarão para o mundial, após a inesperada vitória sobre o Japão nas eliminatórias.

Tailândia: Sede do último mundial, a seleção provou a sua evolução no esporte. Perdeu na estreia por 6 a 4 para a Rússia, mas consegui se classificar após as vitórias sobre Cuba (8 a 5) e Egito (2 a 1). A seleção foi terceira colocada no último campeonato asiático, atrás apenas do Irã, 11 vezes campeão e do Uzbequistão, derrotado na final pelos iranianos. Os tailandeses apresentaram um futsal dinâmico, maduro, que soube se adequar as situações das partidas para conseguir os resultados; cadenciando em momentos de pressão e tendo maturidade tática na hora de se lançar ao ataque como também, recompor-se na defesa.

O detalhe negativo fica por parte dos erros infantis, que em jogos como o contra à Rússia comprometem o desempenho. Agora as atenções estão voltadas para a seleção do Azerbaijão, treinada pelo brasileiro Miltinho, que com certeza apostara em seu artilheiro Vassoura (4) e em Thiago Bolinha para avançar às quartas.

Egito: Apesar de seus jogadores bons tecnicamente e de sua evolução tática, caiu para os tailandeses no confronto direto da terceira rodada. Abriu bem a competição na goleada por 7 a 1 sobre Cuba, mas fechou da mesma maneira, só que perdendo por 6 a 1 para a Rússia. 

A desproporcionalidade entre defesa e ataque fizeram dos faraós um time que seduzia ofensivamente, criando várias situações de gol, variando as jogadas, mas que sofria com os erros na defesa. Apesar da derrota para a Tailândia, os egípcios se classificaram como um dos melhores terceiros e agora terão parada duríssima ao enfrentar a Itália, do brasileiro Gabriel Lima, no confronto de quinta-feira (22).

Cuba: A quarta colocada nas eliminatórias da Concacaf, nunca mostrou poderio em 
competições de futebol de salão. Fez alguns amistosos no Brasil antes do mundial, mas na oportunidade, embora fosse um time de raça e bem preparado fisicamente, não conseguiu mais do que alguns dos piores números da competição. Pior defesa com 22 gols sofridos, saldo de gols -15 e maior número de derrotas (3).


Adriano Batista || @Adriano1Batista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.