Header Ads

Week 3 da NFL: Muitas interceptações e turnovers

(Foto: Divulgação/NFL)
Foi uma semana difícil para os quarterbacks no futebol americano. O número de interceptações foi grande por jogos e só Ryan Fitzpatrick conseguiu bater o recorde por partidas, sofrendo incríveis seis turnovers sozinho. Também presenciamos o famoso jogo que ninguém quer vencer, com Miami Dolphins e Clevelando Browns indo até para a prorrogação.

Confira os resultados e resumos da terceira semana de jogos da NFL:

Houston Texans 00@27 New England Patriots
Nem com o terceiro quarterback é possível parar New England. Sem Tom Brady ou Garoppolo? Sem problemas. Jacoby Brissett deu conta do recado e, contra todas as apostas, o Patriots conseguiu uma vitória avassaladora em Foxborough. O pass rush de Houston não teve chances, foi um verdadeiro atropelamento. O QB Brock Osweiller não conseguiu sequer passar para o campo de ataque no primeiro tempo, o que mostrou a superioridade gritante dos Pats. O RB LeGarrette Blount foi destaque com dois touchdowns.

Arizona Cardinals 18@33 Buffalo Bills
O Cardinals não teve a menor chance diante do Bills. Com um ataque muito ruim e dominação completa do time da casa ofensiva e defensivamente, Arizona teve diversos problemas e quatro interceptações, o que prejudicou ainda mais o desempenho da franquia. Buffalo deu alegria a seu torcedor e, em dia inspirado do pelo running back LeSean McCoy, que teve 17 corridas para 110 jardas e dois touchdowns, chegou a sua primeira vitória da temporada.

Minnesota Vikings 22@10 Carolina Panthers
Mesmo jogando em casa, o ataque explosivo do Panthers não conseguiu ser páreo a forte defesa do Vikings. No primeiro quarto, o time da Carolina do Norte começou muito melhor e parecia mais um daqueles passeios dos Panthers no Bank of America Stadium. Entretanto, as coisas começaram a mudar no segundo quarto, quando Sam Bradford começou a soltar o braço. Mesmo sem o quarterback Teddy Bridgewater e o running back Adrian Peterson, ambos lesionados, a franquia de Minnesota continua competitiva e lidera a NFC Norte invicta. Méritos à defesa, que mais uma vez se destacou, impondo muitas dificuldades ao ataque adversário, e conseguiu três INTs e oito sacks em Cam Newton.

Denver Broncos 29@17 Cincinnati Bengals
Quem está sentindo falta de Peyton Manning? Mais uma vez, Trevor Siemian teve atuação convincente e comandou a equipe rumo à vitória – a terceira na temporada. Nas duas primeiras rodadas, Broncos havia repetido a receita que deu certo em 2015: A defesa forçando turnovers em momentos decisivos e não deixando o adversário jogar. Trevor Siemian, discreto, fazia o necessário para garantir a vitória. Nessa rodada, contudo, o QB teve uma atuação de gala, com 312 jardas e quatro passes para touchdown. Rating incrível de 132.4. Emmanuel Sanders foi o seu alvo favorito, com nove recepções, 117 jardas e dois touchdowns.

Detroit Lions 27@34 Green Bay Packers
Aaron Rodgers foi o grande destaque, lancou 15 dos 24 passes tentados para 205 jardas e concluiu quatro touchdowns. Seu principal recebedor, Jordy Nelson, teve seis recepções, 101 jardas e dois touchdowns. A vitória de Green Bay foi construída principalmente no primeiro tempo, já que o placar marcava 31 a 10. O Lions ainda tentou reverter à desvantagem com Marvin Jones, mas a reação foi tarde demais e Rodgers concluiu, em jogada terrestre, a vitória do Packers.

Baltimore Ravens 19@17 Jacksonville Jaguars
Baltimore e Jacksonville vivem momentos bem opostos na temporada. Se o Ravens conquistou três vitórias e superou seus desafios, o Jaguars segue sem saber exatamente o que fazer quando está na frente do placar. Com um último quarto emocionante, a franquia visitante conquistou outro resultado positivo na Flórida. Só no período final, foram quatro interceptações, field goal bloqueado e até quarta descida. Quem resolveu claro, foi Justin Tucker, o kicker que quase nunca erra, e colocou Baltimore na frente com chute de 54 jardas.

Vai um jogador aí? (Foto: Divulgação/NFL)
Cleveland Browns 24@30 Miami Dolphins
Esse é um daqueles jogos que poderiam durar eternamente, já que as equipes evitam a vitória a todo custo. Em Miami, o Dolphins venceu sua primeira partida nesta temporada e conseguiu bater o fraco Browns, que estava com o terceiro QB e segue sofrendo com diversas lesões. O confronto foi duro e, com dois turnovers nos dois primeiros drives, foi difícil alguém sair comemorando. Cleveland teve a chance de fechar o placar com o kicker Cody Parkey, mas ele errou o FG no último segundo e o jogo foi para a prorrogação.
Com o placar em 24 a 24, as equipes iniciaram o over time com punt dos dois lados, o que mostrava, mais uma vez, que ninguém queria vencer. Depois, o RB Jay Ajayi conseguiu corrida de 11 jardas e fez o TD que deu a vitória ao Miami Dolphins, acabando com o drama.

Washington Redskins 29@27 New York Giants
A crise de raiva de Odell Beckham Jr e a reação dos jogadores do Redskins após o fim do jogo mostrou exatamente o que foi o confronto. Em grande duelo de divisão, as franquias batalharam bastante pelo resultado. É verdade que o domínio inicial foi do Giants, que conseguiu touchdowns logo enquanto Washington parava sempre no field goal. Entretanto, o placar ficou apertado logo antes do intervalo e, na volta para a etapa final, o Redskins se impôs, marcando o segundo TD.
As equipes brigaram muito por jardas e corridas, mas as defesas foram destaque e foi bem difícil pontuar. Apenas FGs foram marcados depois do TD do início do quarto. Na última campanha do jogo, a chance da virada estava nas mãos do QB Eli Manning e, para variar, ele lançou uma interceptação, jogando a vitória nas mãos de Washington.

Oakland Raiders 17@10 Tennessee Titans
Definitivamente não foi o dia de Marcus Mariota. O QB do Titans sofreu muitos turnovers, sendo duas interceptações e dois fumbles, e não conseguiu manter o bom desempenho terrestre em destaque. O Raiders, que não tem nada a ver com isso, pode até não ter pontuado na etapa final, mas conseguiu construir a vantagem já no início e, mesmo na casa do adversário, levou a vitória para Oakland.

San Francisco 49ers 18@37 Seattle Seahawks
Foi um verdadeiro atropelamento do Seahawks. Em casa e com grande desempenho de seu ataque, a franquia de Seattle já estava com 24 a 3 no placar no intervalo e não deu nem chance ao 49ers. Russell Wilson saiu machucado após sack no terceiro período, mas isso não impediu a equipe de pontuar. Do outro lado, San Francisco teve partida para ser esquecida, já que apenas o RB Carlos Hyde fez alguma coisa e já era tarde demais.

Los Angeles Rams 37@32 Tampa Bay Buccaneers
Foi um belo confronto no Raymond James Stadium, já que as equipes conseguiram pontuar bastante e lutaram pelo resultado até o fim. A emoção desse jogo passou das quatro linhas. Para completar a grande disputa entre as equipes, o tempo não ajudou em nada e o jogo foi paralisado pelos ventos fortes, raios e uma tempestade muito grande chegando ao estádio. Depois de uma hora esperando, tudo voltou ao normal e Jameis Winston quase levou sua equipe a vitória, mas não conseguiu o TD.

San Diego Chargers 22@26 Indianapolis Colts
Finalmente o Colts conseguiu uma vitória na temporada. Após duas derrotas, a equipe jogou no Lucas Oil Stadium para buscar o resultado positivo e, mesmo diante de um embalado San Diego, venceu. A defesa de Indianapolis surpreendentemente funcionou e atuou bem, forçando turnovers e sendo muito importante no confronto. O Chargers bem que tentou e conseguiu empatar depois de um fumble de Andrew Luck ainda na primeira metade do jogo. Entretanto, um extra point errado, deixou o time atrás no terceiro período e eles não conseguiram mais recuperar a desvantagem.

New York Jets 03@24 Kansas City Chiefs
Com uma defesa intransponível, o Kansas City Chiefs conseguiu uma vitória maiúscula sobre os Jets. Foram seis interceptações sobre Ryan Fitzpatrick, sendo uma retornada para touchdown, dois fumbles recuperados e nenhum touchdown sofrido. O ataque só precisou fazer o básico para garantir a vitória. Pelo lado do Jets, “Fitztragic” teve atuação patética, acertando apenas 20 dos 44 passes tentados. Para se ter uma ideia, os dois QBs com mais INTs na temporada (Bortles e Winston) haviam sofrido seis nos três jogos somados. Ryan precisou de um jogo para igualar a marca. Com os oito turnovers (as seis interceptações e dois fumbles) o Jets encerrou a partida com o maior número de erros em uma mesma partida nos últimos 40 anos.

Pittsburgh Steelers 03@34 Philadelphia Eagles
Caiu mais um invicto da Liga. Em desempenho terrível, o Steelers caiu feio diante do Eagles e não teve a menor chance. Quem dominou completamente foi o QB novato Carson Wentz, que mais uma vez fez um jogo espetacular, doutrinou e terminou com 301 jardas, dois touchdowns e um rating de 125,8. Um início simplesmente sensacional.

Chicago Bears 17@31 Dallas Cowboys
Chicago chegou à terceira derrota na temporada e jogou, novamente, bem mal. Cheio de desfalques - eram oito no total, e com um Dallas com vários novatos em ótimo momento, o Bears até contou com Zach Miller, que concluiu oito recepções e dois touchdowns, mas foi atropelado. Dak Prescott acertou 19 dos 24 passes tentados em 248 jardas e um touchdown. O RB Ezekiel Elliott correu para 117 jardas em 22 tentativas, sem TDs.

Atlanta Falcons 45@32 New Orleans Saints
O último jogo da semana marcou dez anos do retorno do Saints para o Superdome após o Furacão Katrina, que arrasou a cidade de Nova Orleans. O ótimo clima criado pela torcida, entretanto, foi revertido em decepção pela terceira derrota da temporada. O Atlanta Falcons, que não tem nada a ver com a festa alheia, aproveitou o terrível desempenho da defesa e conquistou touchdowns em cinco posses seguidas. Os RBs Tevin Coleman e Devonta Freeman foram destaque do Falcons, marcando quatro TDs.

Por Mariana Sá (@marigarboggini) e Janaína Wille (@janainawille).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.