Header Ads

Superioridade em campo, derrota no placar

Chapecoense e Santos entraram em campo no fim da tarde e início da noite deste domingo (23), para o Verdão a vitória deixaria a equipe com 45 pontos, atingindo o primeiro objetivo, evitar o rebaixamento.

Foto: Marcio Cunha/Mafalda Press/Gazeta Press
Em campo, toda superioridade foi Chapecoense, uma atuação convincente, com grande volume de jogo e pressionando a maior parte do tempo. Mas faltou o detalhe mais importante, o gol, vale ainda destacar o goleiro Vanderlei, que teve o poder concedido pelo árbitro para fazer o que quisesse.

Após Kempes dar o toque pela primeira vez na bola, quem atacou primeiro foi o Peixe, Neto recuou para Danilo, o goleiro tentou driblar Ricardo Oliveira, mas acabou desarmado, o centroavante encontrou Lucas Lima livre, que de cobertura abriu o placar logo aos 3 minutos.

Atrás do placar, a Chapecoense partiu em busca do empate, Ananias teve a chance aos 21 minutos, depois da falha de David Braz, mas não aproveitou, perdendo grande oportunidade. Gimenez assustou Vanderlei, depois de driblar Copete, finalizou forte, a esquerda da meta Santista.

A pressão do Verdão só aumentava, Gil partiu para cima e finalizou com a perna esquerda, a bola passou muito perto, assustando Vanderlei. Nos minutos finais mais pressão, Tiaguinho pegou o rebote de falta cobrada por Cléber Santana, mas lá estava novamente Vanderlei para salvar. Aos 45’ foi a vez de Biteco finalizar forte e o goleiro santista fazer grande defesa.

Para a segunda etapa, Gimenez e Kempes deixaram o gramado para entradas de Hyoran e Bruno Rangel. O que não mudou foi o panorama da partida, a Chapecoense seguia pressionando do jeito que podia: Um bombardeio verde e branco.

Mas a tarde era de Vanderlei, primeiro o goleiro do peixe salvou após finalização de Bruno Rangel, e em seguida Gil tentou fazer de cobertura, mas parou também foi parado. Aos 28’ talvez a melhor oportunidade de empatar a partida, Rangel recebeu cruzamento de Gil, mas Rangel chegou atrasado.

Não era uma boa noite para o ataque Chapecoense, sem conseguir furar o bloqueio Santista, foi inevitável a derrota, mas nem tudo foi ruim, os resultados da rodada ajudaram, a equipe continua distante do rebaixamento.


É hora de focar na Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira (26), o Verdão receberá na Arena Condá o Júnior Barranquila, às 21h45min. Com a derrota por 1x0 na Colômbia, a equipe precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar as semifinais.

Marcelo Weber || @acfmarcelo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.