Header Ads

Kempes volta brilhar e afunda Figueirense

Depois de empatar com o San Lorenzo jogando no Nuevo Gasómetro por 1x1, na partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, o Verdão voltou a campo neste domingo (6), buscando ultrapassar a meta dos 45 pontos e garantir a permanência na Série A 2017. Do outro lado, um adversário bem conhecido, o Figueirense brigando contra o rebaixamento, tentava tirar forças do além para permanecer na elite do futebol Brasileiro.

Márcio Cunha/Mafalda Press/Gazeta Press
Em uma partida dura, os visitantes atacaram mais na primeira etapa, mas pecando nas finalizações e contando com mais uma grande atuação de Danilo. Mas a Chapecoense tinha o carrasco alvinegro, a estrela de Caio Júnior brilhou novamente, ao mandar Kempes a campo, o atacante no primeiro toque na bola aproveitou o bate, rebate e marcou o gol da vitória do Verdão por 1x0.

Com a sequência dura de jogos, Caio Júnior enfrentou problemas para escalar a Chape no duelo contra o Figueira, Gimenez, Biteco e Neto sentiram contusão e ficaram de fora do duelo, para piorar ainda no primeiro tempo, Gil deixou o gramado reclamando de dores, dando lugar para Hyoran.

No primeiro tempo quem partiu para cima foram os visitantes, precisando desesperadamente da vitória, Lins levou perigo aos 6 minutos, quando fez bela jogada, cortou para o centro e chutou forte, a bola bateu na rede pelo lado de fora. Aos 13 minutos foi a vez de Ferrugem perder outra grande oportunidade, Rafael Moura cruzou e a bola sobrou para o volante, que chutou forte, à direita de Danilo.

Aos 27 minutos um balde de água gelada para o Figueirense, Marquinhos Pedroso deu carrinho em Ananias, o árbitro marcou falta e mostrou o segundo amarelo para o lateral, que foi expulso da partida. A expulsão não mudou o panorama da partida, os Alvinegros quase abriram o placar se não fosse Danilo em duas oportunidades, primeiro na cabeçada de Rafael Moura e depois novamente com Ferrugem, que invadiu a área e chutou, o goleiro saiu bem e salvou o Verdão.

A Chapecoense respondeu apenas aos 45 minutos, quando Hyoran fez bela jogada na esquerda e cruzou para Tiaguinho, que disputou com Josa, chutando por cima da meta de Gatito Fernández, fechando em 0x0 a primeira etapa.

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações, e assim como no primeiro, quem começou assustando foram os visitantes, aos 4 minutos Bady deu belo passe para Rafael Moura finalizar para grande defesa de Danilo. Hyoran respondeu em seguida, chutando de fora da área no travessão de Gatito.

Jogando com um a mais desde os 27 minutos da primeira etapa, Caio Júnior colocou a equipe para frente, Lucas Gomes entrou na vaga de Ananias, mas quem assustava era Hyoran, primeiro aos 21' quando dominou e chutou rasteiro para defesa de Gatito, dois minutos depois o meia chutou forte, mas lá estava o goleiro Alvinegro para salvar.

Foi então que a estrela de Caio Júnior brilhou, o treinador chamou Kempes, que ao lado de Rangel eram as esperanças de gol do Verdão, e na sua primeira participação aos 30 minutos, o centroavante não desperdiçou, Lucas Gomes finalizou, Gatito espalmou e a bola caiu no pé da trave, sobrando livre para Kempes, que estufou a rede e explodiu a Arena Condá.

O gol abalou o Figueirense que sem nenhum poder de reação acabou derrotado, e afundado ainda mais na zona de rebaixamento, ficando a seis pontos de sair do Z4. As equipes terão um tempo de descanso, já que com a data FIFA, só voltam aos gramados no dia 16, quando a Chapecoense viaja para enfrentar o Botafogo, às 19h30.

A vitória tem um gosto especial, já que depois de nove jogos sem vencer o Figueirense, o Verdão alem de chegar ao seu objetivo, pode afundar ainda mais os adversários rumo a Série B. A vitória não garantiu matematicamente na Série A 2017, mas só uma tragédia muito grande tiraria a Chape da elite do futebol brasileiro.


Marcelo Weber || @acfmarcelo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.