Header Ads

Raúl marca, de novo, Jonas volta e a liderança continua


O Benfica venceu por 1 a 0 o Estoril Praia, neste sábado (17) no estádio António Coimbra da Mota, em Estoril. O único gol da partida que valeu a vitória benfiquista foi marcado por Raúl Jiménez numa cobrança de pênalti. Com o triunfo, o SLB aumenta a vantagem sobre o vice-líder Porto para quatro pontos, vale lembrar que os portistas tem um jogo a mais que os encarnados, eles ainda irão jogar nesta segunda-feia (19) com o Chaves e já adiantaram a 15ª rodada, com vitória sobre o Marítimo, portanto os dragões tem um jogo a mais.

O Benfica além dos três pontos sofridos para serem conquistados na Amoreira pode comemorar muitas coisas para este encontro além da vitória. Em primeiro, grandes atuações individuais. Ederson na baliza, Pizzi no meio e Raúl no ataque foram os principais nomes do Benfica durante o jogo. Outro fato a ser comemorado e exaltado pelos benfiquistas é a excelente forma do seu camisa 9, o mexicano Raúl Jiménez, marcou em todos os últimos sete jogos que participou, mostrando o motivo da preferência de Rui Vitória pelo mexicano ao invés de Mitroglou, que não vive seu melhor momento. O outro motivo de alegria para os benfiquistas é o regresso de Jonas, que volta aos gramados após mais de 100 dias afastados devido a uma lesão.

E se o jogo foi difícil, não foi por falta de posse, oportunidades e chances de marcar. Foi devido a uma grande partida tática defensiva do Estoril, que apostava em contra ataques rápidos com Diogo Amado, mas o Benfica contava também com uma noite inspirada do goleiro Ederson, que além de ir bem, contou com a sorte num lance do Estoril onde a bola beijou a trave benfiquista. Ao segundo tempo, o Benfica intensificou a pressão e Ailton acabou por meter a mão na bola dentro da área, pênalti para as águias, Raúl sem olhar para o gol fez o único tento do jogo: 1 a 0.

Jonas volta aos gramados (Foto: Manuel Almeida/LUSA)
E o Benfica até tentou mais gols, apesar do jogo amornar após o gol, mais próximo do fim do encontro o Estoril tentava o empate de qualquer jeito, e então Rui Vitória promoveu o regresso de Jonas, na vaga de Raúl. Em menos de dois minutos em campo o camisa 10 conseguiu duas finalizações e criar uma jogada de real perigo na finalização de Mitroglou. Com Jonas, o Benfica parecia estar mais motivado a buscar o segundo gol e Pizzi, conseguia sempre bolas boas para o brasileiro que sentiu, claro, o ritmo de jogo. Ao fim, o Estoril ainda perdeu uma chance de empatar a partida com Gustavo Tocantins. Fim de jogo na Amoreira, vitória benfiquista e liderança também benfiquista.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.