Header Ads

A vitória graças ao 1

JEC 1x0 Metropolitano (Foto: Divulgação/JEC.com.br)
Divulgação/JEC.com.br
Em noite inspirada de Jhonatan e bom momento de Aldair, JEC venceu com sufoco o Metropolitano. Em um jogo truncado o empate só saiu por uma bela jogada de Caíque e Fabinho, que foi concluída por uma bela finalização de Aldair. No mais o time de Blumenau que levou perigo ao JEC, obrigando Jhonatan a ser o melhor jogador em campo, destaca-se a boa produtividade ofensiva do Metrô.

Primeiro tempo

Com um início muito inspirado de Aldair, o JEC se aproveitou disso muito bem. Logo aos 13' o JEC abriu o placar com bela jogada da, afiada dupla, Caíque e Fabinho, onde Caíque deu uma arrancada pela direita, tocou pra Fabinho que fez a tabelinha, Caíque foi ao fundo e cruzou, ou melhor, deu uma bela assistência, a Aldair que conferiu para o gol de perna esquerda. A partir daí o JEC foi pressionado usando apenas Aldair como válvula de escape, consagrando assim Jhonathan que fez várias defesas difíceis.


Na primeira partida no 4-1-4-1 o JEC obteve êxito, com uma evolução de ataque nova chegando à área com três jogadores por vezes no 4-3-3.

Segundo tempo

O segundo tempo contou com posse ofensiva maior do Metropolitano, porém não se converteu em gols. O JEC veio com uma mudança já para o segundo tempo Renan Teixeira entrou no lugar Alex Ruan, jogando Ciro pra ponta e Aldair pra de centroavante, essa mudança fez bem ao time que Ciro conseguiu um melhor desempenho e Aldair podendo voltar criou algumas chances. Após isso Caíque sentiu, foi substituído pelo bom Luís Menezes, trazendo Roberto para lateral, que mesmo improvisado foi bem. Juninho, o ultimo a entrar mudou a característica do jogo, onde buscou o jogo e correu bem, diferente dos últimos jogos.


Já no segundo tempo o time veio no comum 4-2-3-1, onde melhorou o ímpeto ofensivo e usou Aldair como referência, que foi muito bem por ali.

As análises

Jhonatan - Faz jus aos três clean sheets em cinco jogos, foi o melhor jogador da partida, garantiu o empate ao JEC.

Caíque - Com ótimo apoio e a assistência para o gol, foi muito bem e faz ótima dobradinha pela direita.

Henrique Mattos - Muito seguro, vem crescendo a cada partida.

Max - A ótima saída destaca o jogo dele, além de manter bom aproveitamento ofensivo nas bolas paradas.

Fernandinho - Sua melhor partida no ano conseguiu manter o ritmo ofensivo e não comprometeu defensivamente.

Roberto - Foi muito bem, até na improvisação deu certo, conseguiu de novo manter a regularidade, mesmo sendo por muito tempo o único marcador do meio,

Fabinho Alves - Destaque a jogada do gol, mostrou mais inteligência que na última partida e é indispensável ao esquema de Fabinho Santos.

Lúcio Flávio - Merece o banco, Aldair pede espaço no time e ele deve sofrer com isso, já que não rende o esperado.

Aldair - Deve se afirmar, tem ótima visão de jogo e leva muito perigo, jogou até de falso nove e foi bem.

Alex Ruan - Apagado também no jogo, deve buscar a briga com Fernandinho, já que na ponta a característica atrapalha seu rendimento.

Ciro - Foi bem, melhor partida de Ciro pelo JEC, conseguiu dominar algumas bolas e depois pela esquerda conseguiu lembrar Fernando Viana.

Renan Teixeira - Entrou para marcar e marcou, podia fazer mais, mas ainda falta ritmo.

Luís Menezes - Foi bem, na sua estreia na temporada foi bem e consegue responder ao torcedor porque no início da pré-temporada foi titular.

Juninho - Acordou, entrou driblando, correndo, mostrou ótimo futebol e merece mais chances.

Ficha técnica do JEC
Jhonatan; Caíque (Luís Menezes), Henrique Mattos, Max e Fernandinho; Roberto; Fabinho Alves, Lúcio Flávio, Aldair e Alex Ruan(Renan Teixeira); Ciro (Juninho).

Substituições: Renan Teixeira entrou aos 45' na vaga de Alex Ruan, Luís Menezes entrou aos 56' na vaga de Caíque e Juninho entrou aos 70' na vaga de Ciro.
Gols: Aldair assistido por Caíque aos 13'.
Cartões: Ciro recebeu amarelo aos 70' e Luís Menezes recebeu amarelo aos 76'.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.