Header Ads

Deus perdoa, o Cruzeiro não

Fala nação azul, juro que estou tentando com todas as minhas forças para não me iludir ou criar expectativas com esse time do Cruzeiro. Uma equipe que muitos subestimam, tiras suas próprias conclusões, mas poucos realmente de fato entendem o que é torcer pelo Cruzeiro. Enfim hoje contra o Tupi, conseguimos escrever mais um capitulo de um triunfo e com o aproveitamento a nosso favor.

Foram cinco jogos disputados ate aqui, e cinco vitórias conquistadas sendo assim o melhor inicio de temporada do Cruzeiro desde 2009. O resultado reflete a maneira que o grupo está entrosado e bem treinado, o que mostra também a maneira que os jogadores têm algum objetivo para esse ano.

E uma ótima observação é que agora nós torcedores, não precisamos mais reclamar sobre a escassez de cobradores de falta, porque agora parece que todos fazem esse tento.

@Cruzeiro
Enaltecer o trabalho de um bom técnico é o mínimo que podemos fazer e é impressionante o que Mano Menezes vem fazendo até agora, um grande exemplo disso é o modo que a Raposa consegue manter a calma nas saídas ou recuperação da bola, sem contar que as trocas de passes estão quase impecáveis, tudo trabalhado, detalhado, sinônimo de uma equipe que sabe o que fazer quando tem algo ao seu favor, é a cara do Cruzeiro Esporte Clube.

Descanso? Esta aí uma coisa que o Cruzeiro não vai saber o que é durante a temporada, quarta-feira já tem a Raposa em campo novamente, dessa vez, estreando pela Copa do Brasil, contra o Volta Redonda, fora de casa, ás 21h45.

Sobre o jogo, não precisa ser um grande entendedor de futebol para saber que a equipe celeste, começou com um nível de superioridade incrível, criou muitas oportunidades, como sempre perdeu alguns gols e desta vez ainda tínhamos a trave para nos impedir.

Só dava Cruzeiro, era questão de tempo para fazermos o primeiro gol. Aos 19’da primeira etapa, em uma cobrança de falta, Rafael Sóbis, não fez um gol, ele fez uma pintura, que golaço, é praticamente indescritível.

@Cruzeiro
Poucos minutos depois, o Maior de Minas balançou novamente as redes, o zagueiro Léo marcou o segundo tento da Raposa e acabou entrando para o top três dos zagueiros artilheiros do Cruzeiro Esporte Clube. Tudo bem, que foi o zagueiro cruzeirense que teve o trabalho de cabecear, mas méritos, para o Ezequiel, certo? Que fez um cruzamento na medida para o jogador.

Acham que acabou por ai? Bom, não, ainda teve caixa para mais dois gols, isso mesmo. Robinho fez o terceiro gol celeste, até porque não pode faltar gol dele. O quarto gol? Sim, ele marcou duas vezes no jogo, Sóbis, que nós quase não criticamos fechou a goleada estrelada para cima do Tupi, 4x0.

Paula Fernandes / @Paulinha_CEC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.