Header Ads

No dia de São Valentim, brilhou São Ederson

Jogadores benfiquistas cumprimentam e agradecem pela grande partida de Ederson (Imagens: Lusa)
O Benfica venceu o primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, contra o Borussia Dortmund. O placar mínimo de 1 a 0 deu aos encarnados uma boa vantagem para o jogo da volta na Alemanha, podendo o Benfica classificar-se apenas com um empate. Porém mesmo com a vitória, com o gol isolado de Mitroglou, o personagem da partida foi o goleiro brasileiro Ederson, que fez várias defesas difíceis no jogo e ainda salvou um pênalti de Aubameyang. No dia de São Valentim (dia dos namorados na Europa) se tornou dia de São Ederson.

Benfica e Dortmund começaram a disputa por uma vaga nos quartos de final da Champions, o Glorioso foi a campo com duas baixas, o atacante Jonas, cortado de última hora da partida e sem a presença de Zivkovic, que cumpria um jogo de suspensão, castigo da época de quando ainda era jogador do Partizan.

Com a ausência dos dois, Rui Vitória optou por Carrillo jogando na ponta esquerda e Rafa faria a dupla de ataque com Mitroglou na frente. Nos minutos iniciais, o Benfica conseguiu por 5 minutos envolver os alemães, com dribles eficazes de Carrillo, Semedo, Salvio e Rafa. Salvio conseguiu logo no primeiro minuto, inclusive, chegar à cara do gol de Burki, mas rematou muito alto e totalmente sem direção perdendo uma boa oportunidade para, de cara, inaugurar o marcador.

Após esses cinco minutos, o Benfica deu a bola ao Borussia que trocava passes e tomava as ações do jogo, dando ao Benfica o contra ataque. As linhas benfiquistas estavam bem distribuídas em campo, e era difícil transpor a zaga, mas duas vezes Dembelé deu passes precisos que deixaram Auba na cara do gol. Para sorte benfiquista, o gabonês mandou longe da baliza as duas. Quando a bola acertava o alvo, o nome benfiquista da noite estava lá para fazer a defesa.

A compactação do Benfica era bem executada, mas o contra-ataque não surtia efeito, os benfiquistas tomavam as decisões precipitadas na hora de definir a jogada fatal.

O jogo foi ao intervalo com o placar zerado, com Ederson sendo o melhor em campo. No reinício de jogo, o gol encarnado. Em escanteio cobrado por Pizzi, Luisão, que fazia seu jogo 500 com a camisa do clube lisboeta, subiu mais alto que todos pra fazer uma assistência de cabeça para Mitroglou que dominou esquisito, mas foi o suficiente para tirar Burki do lance, e encher o pé para fazer o gol da vitória do clube da Luz.

EDERSON

Ederson defende pênalti de Aubameyang
Ederson já ia sendo o homem do jogo, por estar fazendo várias interceptações e defesas importantes na partida. O melhor momento dele no jogo foi quando Fejsa tocou com o braço na bola e o árbitro assinalou pênalti, Aubameyang teria a chance de se redimir dos gols sofridos, mas Ederson, mais uma vez salvou o Benfica. Aliás, de todos os cinco chutes do Borussia no alvo, todos foram defendidos pelo goleiro brasileiro.

A atuação do goleiro foi tão brilhante que o guardião está concorrendo a ser o jogador da semana na Liga dos Campeões.

LUISÃO

Luisão assitriu Mitroglou para dar a vitória ao Benfica
Se a partida de Luisão foi brilhante, também foi especial o brasileiro fez uma partida perfeita defensivamente, e ainda no seu aniversário e 500º jogo pelo Benfica, foi ele quem presenteou Mitroglou para fazer o gol benfiquista na noite, o primeiro do grego na Champions.

O Benfica volta à campo domingo, às 17:15 quando enfrenta o Braga, pelo Campeonato Português.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.