Header Ads

Resultado negativo, postura positiva

Uberlândia, MG, 13 - Em jogo duro até os 32 minutos do 2º tempo, UEC sucumbiu no fim mais demonstrou postura e organização tática dignas de elogios.

Atlético-MG e Uberlândia; Independência (Foto: Reprodução/ TV Globo MInas)
Atlético x Uberlândia - Indepedência. Reprodução/TV Globo Minas
Se você considerar única e exclusivamente o resultado como retrato fiel do jogo, lamento, mas não entenderá a realidade do confronto. Como alguém que há tempos acompanha o Furacão Verde da Mogiana, havia muitos anos que não acompanhava uma equipe do Uberlândia tão aplicada taticamente e endurecendo o jogo, sim, o Atlético começou a catimbar e se enervar com a demora em sair o gol - Não estão acostumados com situações assim.

Na tarde deste domingo (12), aconteceu o confronto que valia a "liderança" no Horto, apenas por fins matemáticos, pois a diferença entre as equipes em questão a elenco e orçamento, trata logo de colocar um pé atrás no torcedor, jamais deixando de acreditar e torcer loucamente para o maior do interior. De positivo devemos tirar a postura e o grande jogo de alguns atletas com: Robinho, Vandinho, João Paulo (melhor jogador do UEC, em minha opinião) e Alê.

As equipes que estavam 100% na competição após dois jogos, entraram em campo buscando igualar o líder Cruzeiro. O Atlético jogou durante o meio de semana pela Copa da Primeira Liga e mesmo assim entrou com força máxima diante do Periquito do triângulo. Catanoce comandante do Verde, em entrevista anterior ao jogo, comentou que a equipe não alteraria sua forma de jogar contra o Galo.

Quando a partida se iniciou, o UEC apostou em um sistema defensivo, que ainda não levara nenhum gol no campeonato e que não chegou a correr muitos riscos nos dois primeiros jogos, defesa esta que conta com Mauro Viana que esteve na seleção do último campeonato.

O Atlético é quem tinha a obrigação de propor o jogo, o Uberlândia estava na dele, assim o Galo tentou durante toda a primeira etapa, mas a impressão que transparecia é de pouco interesse com a partida. O UEC chegou duas vezes na primeira etapa, os donos da casa também chegaram duas vezes com relativo perigo, 0-0 foi o retrato dos primeiros 45 minutos.

A segunda etapa não mostrou muita coisa diferente, com o tempo passando e o Atlético não fazendo muito para merecer marcar um gol, o Verdão começou a gostar da partida e por alguns minutos foi melhor que os mandantes e esteve próximo de marcar, principal chance veio em cruzamento da direita de Alê, que foi desviado e passou a centímetros de Reinaldo Alagoano.

Como o UEC não conseguiu marcar seu tento, na reta final após uma pequena pressão e uma jogada de lateral (Na última temporada o Uberlândia empatava com o Atlético até o final quando em lance de lateral na área saiu o gol que definiu o confronto naquela ocasião), a defesa do Verde se desorganizou pela primeira vez e Danilo marcou, com o gol sobraram mais espaços e os outros gols foram consequência, final 3-0 Atlético.

Aqui vale o registro que o confronto teve uma boa arbitragem - Vários jogos tem sido alvo de reclamações, grande parte justíssimas. O UEC ainda se mantém em ótima posição na tabela, no G4. Agora serão dois jogos em sequência no nosso estádio, contra Tombense e América/TO. Os gols não refletiram a excelente atuação do Uberlândia, sobretudo na defesa.

Nessun testo alternativo automatico disponibile.
Confronto testou a equipe do Uberlândia, apesar da derrota, sensação para a sequência é positiva. Reprodução/Facebook Oficial do Uberlândia Esporte.
Uberlândia: Thiago Braga, Rodney (Cesinha), Mauro Viana, Robinho, Vandinho, João Paulo (Elivelton), Alê, Bruno Moreno, Marco Goiano (Schumacher), Vanger (Jefersom Berger) e Reinaldo Alagoano. Tecnico: Paulo César Catanoce.

Próximo Jogo pelo Campeonato Mineiro:
19 de Fevereiro - 16h (hora Brasília) - Parque do Sábia.
Uberlândia x Tombense.

Por: @carlosjr92educa
Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Uberlândia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.