Header Ads

O caminho é esse: Raça para alcançar os objetivos

Fala nação azul, ontem foi mais um dia de muito Cruzeiro, apesar de estarmos chateados com essa nova fase que tanto nos assusta continuamos firmes e fortes acompanhando o Maior de Minas a cada minuto possível para não perder nenhum detalhe, principalmente quando o assunto é Brasileirão que um segundo define totalmente seu rumo na tabela e no campeonato. 

Bom, ainda falando sobre o Brasileirão, o adversário da vez foi o Corinthians, enquanto o Cruzeiro ainda busca o equilíbrio e organização necessária, a equipe paulista já possui tudo isso, o que por consequência já leva uma vantagem para o confronto e pensando nisso, seria bem provável que a Raposa encontraria dificuldade, pois alem das falhas cotidianas, o grupo celeste ainda se encontrava desfalcado e jogando fora de casa, ou seja, esse é um daqueles confrontos que não daria para ser mais ou menos, é 8 ou 80.

O caminho é esse Cruzeiro querido, não desistir quando encontrar algum obstaculo, perder sabendo que fez de tudo para mudar, é melhor do que não tentar. E para não mudar o nosso costume vamos para aquela humilde resenha.

Sim, o Cruzeiro ás vezes se encontrava melhor no jogo, porém suas finalizações não levavam perigo ao gol defendido por Cássio, essa é a parte que preocupava, pois o time mandante chegava poucas vezes, mas as poucas jogadas que criaram, meu amigo, confesso que dava um frio na barriga.Como disse no parágrafo anterior, estratégia que não permite erros.


Fotos: Marcelo Zambrana / Cruzeiro

Um primeiro tempo que tinha tudo para ser melhor para a Raposa, mas novamente pagamos por nossos erros e só depois do gol do Corinthians é que o Cruzeiro tentou correr atrás do prejuízo, meio tarde para isso, mas tudo bem.

A postura azul e branca para a etapa final ficou mais ofensiva com a entrada de Alisson e Rafael Sóbis só no inicio o Cruzeiro perdeu pelo menos umas três chances claras de gol. Nada ultimamente está fácil para a Raposa, impressionante como o Cruzeiro na maioria das vezes tem de tudo para fazer uma boa partida e prefere fazer o que? Dificultar ainda mais a sua própria situação.

Precisando correr atrás do resultado, o Cruzeiro dominou o segundo tempo, tiveram oportunidades seguidas para balançar as redes, porém a bola não queria entrar nem por reza. Apesar de tanto tentar reverter o marcador, o final foi isso mesmo,1x0 para o Corinthians, mais uma derrota na bagagem. 

Venho pela milésima vez fixar que a Raposa necessita aprender com seus próprios erros, o maior adversário do Cruzeiro continua sendo ele mesmo, mas temos que admitir que a Raposa mostrou se assim podemos dizer, a melhor postura até agora, e merecia um resultado melhor e que permaneça a raça e a vontade de reverter qualquer situação.

Paula Fernandes/@Paulinha_CEC 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.