Header Ads

O visitante indigesto chamado Marcos Alonso

Neste domingo (20), o Chelsea bateu o Tottenham por 2 a 1, em Wembley. O time azul de Londres se recupera após a surpreendente derrota no jogo de estreia, contra o Burnley, jogando em casa. O jogo também marcou o primeiro jogo dos Spurs após a saída de White Hart Lane. 


Falta cobrada por Alonso no primeiro gol do Chelsea. Fonte (Reuters
Jogando fora de casa, a equipe de Antonio Conte começou o jogo muito bem, dominando o meio campo de jogo e não deixando a equipe da casa jogar. Com cinco minutos de jogo, Álvaro Morata perdeu uma grande chance, depois de cruzamento de Azpilicueta. Aos 23', Marcos Alonso cobra uma falta de maneira magistral, a bola entra no ângulo, sem qualquer chance de defesa para lloris. 

Os 5 minutos finais do primeiro tempo, e os primeiros 15' do segundo, foi de pressão total dos Spurs. O atacante Harry Kane carimbou a trave de Courtois, que também fez algumas boas defesas, evitando o empate do time da casa. Após esse período, o Chelsea voltou a ser perigoso no jogo, em alguns bons contra ataques criados, William mandou uma bola na trave. 

No entanto, o empate do Tottenham foi "dado" de graça pelos visitantes. Eriksen cobra falta na área e Batshuayi, que acabará de entrar, desvia para o próprio gol, era o empate dos Spurs. O Chelsea não se abalou após o gol sofrido, e aos 44 minutos, Pedro lança Alonso que chuta forte na saída de Lloris.Segundo gol do lateral e dos Blues no jogo. 

Alonso comemora o o gol da vitória do Chelsea. Fonte (Reuters)
 A grande vitória no dérbi londrino serviu para trazer de volta a tranquilidade, para a torcida e para Conte. O técnico italiano foi muito bem no jogo, colocando David Luiz como volante e dando muita liberdade para Alonso e Bakayoko jogar. Não parece ser uma formação que ele usará sempre, e sim uma situação especial desta partida, devido os desfalques. O Chelsea volta a campo no próximo domingo, frente ao Everton, em Londres. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.