Header Ads

A chuva que veio, o tabu que se foi

Reencontrando-se após dezenove rodadas, Santa Cruz e CRB duelaram mais uma vez em um "clássico" já tão disputado, e que nestes últimos anos já vem tendo um certo equilíbrio, porém o Regatas já consegue ter uma certa vantagem. Com a vitória de hoje já são três vitórias consecutivas contra o Tricolor do Arruda.
O Galo precisava conquistar fora de casa três pontos que escaparam na semana anterior, quando enfrentou o Luverdense como mandante no Estádio Rei Pelé e empatou por 2 a 2.

O jogo

No começo parecia que vida fácil não seria uma frase estampada no dicionário do CRB. Com o controle da bola, tentando chegar ao gol, o Tricolor do Arruda contava com seus homens de meio-campo e o icônico Grafite para as finalizações, criação de jogadas e controle do jogo.
Esse volume fez com que aos 32' Grafite fosse lançado na área e finalizasse com a cabeça para abrir o placar no Arruda. Detalhe é que o jogador estava em posição de impedimento no momento do passe. Este que não foi o único erro da arbitragem na partida.
Já no final da primeira etapa, Yuri, lateral do Santa Cruz agrediu o jogador Eduardo do Galo e só recebeu cartão amarelo.
Eduardo e Jorginho foram substituídos no intervalo. Tony e Marion, jogadores que estavam juntos no América de Minas entraram. Por sinal, estreia do atacante Marion com a camisa do CRB.

Reprodução: Premiere
Já que o Galo estava perdendo, Dado de forma inteligente tirou um lateral, recuou Rodrigo Souza e mudou a formação, passando a jogar com 3-5-2.
Com a chuva, o jogo começou a ficar diferente. Erros começavam a acontecer, e os escorregões eram frequentes.
E foi com Tony, jogador que entrou no intervalo que o Galo empatou a partida. Correu com a bola pelo meio, se preparou para o chute e marcou um golaço de fora da área, indefensável aos 14' do segundo tempo.
Neto Baiano queria muito fazer o gol, tanto que em uma falta aos 32' do segundo tempo ele chegou a finalizar e olhar ela beijar o travessão e subir. 
A vontade do atacante era imensa, e aos 43' construiu a jogada do gol da virada. Entrou pelo lado direito da área, fez o cruzamento para Marion. O atacante cabeceou para o meio da pequena área, onde estava Chico. O camisa dez do Galo também cabeceou, mas desta vez para o gol para virar o jogo. Santa Cruz 1x2 CRB.
O Tricolor até esboçou uma mudança de postura, mas não conseguiu chegar ao gol de empate. O jogo se encerrou aos 49'.

Próximo jogo

Um adversário que deu início a má fase do Galo no primeiro turno será o próximo alvo da equipe alagoana. Oeste, clube que mesmo sendo de Itápolis está a mandar seus jogos na Arena Barueri, é o próximo compromisso do CRB. O jogo será realizado no sábado (09) às 19h no Estádio Rei Pelé.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.