Header Ads

Acabou o gás?

Na noite do dia (22), o Oeste teve uma batalha muito difícil pela frente, o time enfrentou a equipe Alviverde Matogrossense, conhecido como o Luverdense, numa partida onde só a vitória para ambos, um para se distanciar da zona do rebaixamento, e o outro para colar aos que brigam pelo acesso.

No primeiro tempo, os times entraram ligados, com "sangue nos olhos”. A primeira chegada do jogo foi da equipe rubro-negra, com o Lidio. Ele chutou de fora da área e a bola quicou na frente do goleiro Diego Silva, que conseguiu espalmar para o travessão e depois teve ajuda da sua zaga para afastar. A jogada parece ter acordado o Luverdense, que passou a dominar não só a posse, como também as ações ofensivas. O time de Lucas do Rio Verde quase abriu o placar com Roni e Sérgio Mota, que deram trabalho ao setor defensivo do Rubrão. O grande nome da primeira etapa foi Rodolfo, com pelo menos três defesas difíceis. 
(Foto: Captura de tela)
No segundo tempo a partida esfriou, as duas equipes entraram muito mal. Um dos motivos para a piora do Oeste foi a retirada do centroavante Robert, para  a entrada de um jogador bem mais lento, Gabriel Vasconcelos. 

Embora o Luverdense continuasse com mais posse e ofensivo, o goleiro Rodolfo trabalhou bem menos na segunda etapa. Com a marcação mais firme, o Oeste não permitiu muitas finalizações, mas também não fez o seu jogo tradicional de contra-ataque, pois errava muitos passes. No finalzinho da partida, o LEC foi para o tudo ou nada, porém acabou se desorganizando. Enquanto o Rubrão desperdiçou sua única chance, quando Jheimy não conseguiu completar cruzamento aos 47 da segunda etapa. Fim de jogo sem alteração no placar.

Fala torcedor: O torcedor oestino falou sobre o desempenho da equipe, sobre os erros nas alterações que Cavalo promoveu e o que achou das improvisações de posição feitas pelo técnico. 

O torcedor Fábio, quando perguntado sobre o rendimento da equipe da primeira etapa, falou que o Oeste suportou a pressão bem no primeiro tempo, criando oportunidades de fazer gols e abrir o marcador, mas também achou que o o time sofreu muito na partida e sem o goleiro Rodolfo, o Oeste poderia ter saído com uma derrota. Na análise do torcedor, ele cita como melhor jogador do Oeste, justamente o goleiro, por ter se destacado em suas  defesas, contribuindo para a soma do ponto, nota 10 para ele. 

Sobre as alterações, Fábio disse que Cavalo cometeu erros. Errou ao tirar Robert e promover a entrada de Gabriel, que para ele é um jogador razoável, que não vem jogando bem nas últimas rodadas. Ele acredita que a saída do Robert teve influência na postura do time e que com ele, o clube poderia ter sido o mesmo do primeiro tempo. O torcedor achava melhor tirar Danielzinho, pois achou  que o mesmo não estava atuando bem, e no lugar colocaria Henrique.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.