Header Ads

Crystal Palace: mais um jogo sem marcar gol, mais um jogo sem pontuar

Contra o City de Guardiola, Crystal Palace faz bom primeiro tempo, mas sucumbe à pressão dos Citizens. Com segundo tempo para se esquecer, a equipe agora dirigida por Roy Hodgson até demonstrou uma organização mais ajustada, mas os maus resultados persistem. Repetindo o placar de derrota da última partida em Etihad Stadium pela Premier League, 5-0. O Palace se mantém na lanterna sem marcar um ponto sequer.

Roy Hodgson terá trabalho para reerguer o moral da equipe. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
Por Carlos Alberto Jr.

No sábado (23), em Manchester, o Palace visitou os azuis do Manchester City, em jogo válido pela sexta rodada da Premier League, novamente as Águias saíram derrotadas, conhecendo sua sexta derrota. No histórico de confrontos entre as equipes na competição, são 15 jogos, com dez vitórias do City, duas do Palace e outros três empates. Nas últimas cinco partidas, são cinco derrotas do Palace, um gol marcado e 17 sofridos.

Ainda é apenas início de trabalho para o ex treinador da seleção inglesa, mas a equipe claramente se porta de forma distinta em relação às primeiras rodadas, mas o problema crônico do ataque persiste, sem Zaha, o setor ofensivo do Palace tem se mostrado inoperante. Mas é preço a ser pago pela mudança no decorrer do campeonato, demonstrando o desespero da diretoria em meio as suas próprias escolhas.

Jogando fora de casa, o Palace fez um primeiro tempo sólido, sem sofrer uma pressão exagerada, Hennessey até trabalhou, mas segurou bem as investidas do City. Loftus-Cheek, talvez tenha tido a melhor oportunidade para o Crystal ainda com 0-0. No final da etapa inicial, Sané venceu a defesa do Palace.

Loftus-Cheek desperdiçou a melhor chance do Palace. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
No segundo tempo, o Crystal Palace pareceu outra equipe; insegura, dispersa, desinteressada, e desatenta, o resultado, mais quatro gols do City para consolidar o placar do confronto.

Escalação do Palace x Man. City: Hennessey, Fosu-Mensah, Dann e Sakho; Van Aanholt, Milivojevic e Cabaye (Puncheon); Townsend, Loftus-Cheek, Schlupp e Benteke. Téc: Roy Hodgson.

Prossegue o martírio das Águias do Sul de Londres, ainda sem conhecer vitória ou empate na competição, amarga a última colocação do certame. Com os resultados da rodada, o Palace está a quatro pontos do Leicester, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Com a troca de comando técnico o Crystal passa por mais um período de mutação, de adaptação a um novo estilo, só que, com a temporada rolando. De positivo, a nova filosofia de Hodgson é mais semelhante ao que os jogadores estavam acostumados na edição passada da Premier League.

Próximo Jogo pela Premier League: 30 de Setembro - 11h (hora de Brasília) – Old Trafford.
Manchester United x Crystal Palace.

Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Crystal Palace
Twitter: @carlosjr92educa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.