Header Ads

Após empate,CSA depende das exatas para se classificar

Pela Copa do Nordeste,no estádio Cornélio de Barros,o CSA foi a campo contra a equipe do Salgueiro com a missão de conquistar os pontos perdidos nos primeiros jogos do regional,de 9 pontos disputados nos 3 primeiros jogos a equipe azulina conquistou apenas 2 pontos,somando uma derrota fora de casa e 2 empates sendo eles em Maceió,uma péssima campanha de início que irá custar a classificação da equipe para as próximas fases.

Tendo em mente a difícil situação da equipe na competição e visando as semifinais do Campeonato Alagoano,o técnico Marcelo Cabo levou a campo o time reserva do CSA.É evidente para maioria da torcida azulina que a prioridade máxima para esse início de temporada após os péssimos resultados iniciais é o estadual, a qual muitos torcedores afirmam que o "Alagoano não é mais que Obrigação".

(Fonte:Click Paraná)


Em campo a postura do CSA no primeiro tempo,assim como em jogos recentes, foi apática pelo que buscava na competição,atitude não muito diferente do habitual que a equipe vem apresentando nos últimos jogos.O CSA ficou na bronca com arbitragem na primeira etapa em lance claro de pênalti,fator que poderia ter alterado os rumos da partida.

Por jogar em casa, a equipe do Salgueiro era quem buscava mais as finalizações e as chances de risco na partida,mas sem muito perigo para a meta azulina,que da mesma forma não conseguia produzir bons lances no jogo,e por consequência o zero persistiu no placar por toda o primeiro tempo.

Na segunda etapa o jogo prosseguia como no primeiro tempo,o Salgueiro pressionando o CSA sem muita expressividade com a equipe azulina aproveitando alguns contra ataques sem perigo.

Após 15' do segundo tempo Marcelo Cabo promoveu as entradas dos titulares Daniel Costa e Paulinho no time, prevendo melhorias na segunda etapa e buscando o resultado,as alterações feitas começaram a surtir efeito,principalmente, com seu camisa 10,Daniel Costa,que deu mais movimentação ao meio campo ofensivo do time.

Os minutos se passavam e mesmo com as alterações no segundo tempo a equipe não conseguia chegar ao gol,em determinados momentos do jogo a partida virava um "Lá e Cá",cada um aproveitando contra ataques de erros de passe,um jogo sem muitas emoções e o empate sem gols se tornava iminente até o apito final.

Se a situação antes do jogo já era difícil para o CSA,com o empate em 0x0 a equipe depende não apenas de si para se classificar,mas de uma soma de resultados de seus adversários no grupo.

Matematicamente a vaga ainda é possível,porém, só o mais otimista azulino ainda acredita na classificação do time na competição.

Agora foco total no estadual,o time enfrenta o ASA,em Arapiraca, nesta Quarta-feira(14) pelas semifinais do Alagoano.
QUE VENHA O ASA!PRA CIMA AZULÃOO!!!



Lucas André ||@luc4s_andre
Linha de Fundo ||@SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.