Header Ads

Até nos pênaltis: A base resolve

O Santos se classificou para as semifinais do Campeonato Paulista nessa quarta-feira (21) após um novo 0 a 0 contra o Botafogo-SP. A partida fora realizada na Vila Belmiro às 19h30min, horário de Brasília. 

O peixe entrou em campo com 6 crias da base, são eles: Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Alisson, Léo Cittadini, Rodrygo e Gabigol. Ao longo da partida entraram: Diogo Vitor, Arthur Gomes e Vitor Bueno, esse último veio do próprio Botafogo para o Santos B, mas também se considera um Menino da Vila.

A partida foi quente apenas nos ânimos. O primeiro tempo deu sono na maior parte dos torcedores, apesar de o Santos criar algumas chances e controlar os movimentos ofensivos do jogo, não ofereceu grande perigo e o adversário dependia de raros contra-ataques para assustar, o que obrigou Vanderlei a fazer algumas grandes defesas. O segundo tempo sobrou vontade mas faltou qualidade principalmente nos lances finais, os jogadores do time da Vila pediram pênalti em três oportunidades o que gerou os lances mais curiosos da partida protagonizado pelo árbitro Leandro  Bizzi, que confundia a todos com suas marcações de tiro de meta apontando para a marca penal. 

Gabigol caiu inúmeras vezes dentro da grande área pedindo pênalti. Fotografia : Ivan Storti

Sem grandes emoções, apenas nervosismo, fomos para as penalidades de baixo de uma chuva desleal. Mais desleal do que a chuva só disputar uma classificação em pênaltis, é como diria Galvão Bueno "teste pra cardíaco". Colocar vários adolescentes para cuidar de uma paixão como é o futebol pode parecer loucura, mas no Santos isso é extremamente normal. Desde cedo os meninos são submetidos a grandes pressões e isso faz ocasionalmente nascer um craque. 

Os pênaltis foram um completo show de horrores, não sabemos se por causa do mal preparo ou da chuva, mas por um momento achei que classificaria quem errasse mais. Lucas Veríssimo e Vitor Bueno erraram pelo lado do alvinegro, sorte nossa que o adversário estava em um dia pior e errou três penalidades. A última cobrança foi exercida por Arthur Gomes, um dos cobradores oficiais, que após perder contra o Nacional - URU, se redimiu. A base salvou de novo.

Arthur Gomes Classifica o Peixe pra semifinal. Fotográfia : Ivan Storti
Agora o time da Vila irá enfrentar o Palmeiras ou o São Paulo na próxima fase, tudo depende do resultado entre Corinthians e Bragantino que decidem nessa quinta (22) quem avançará. Se o Bragantino ganhar ou empatar, ou o Corinthians se classificar de qualquer forma a semifinal será disputada entre Santos e Palmeiras, caso o time de Bragança ganhar nos pênaltis, o Santos enfrentará o São Paulo. Os locais já estão definidos, sábado é o primeiro jogo do peixe e será realizado no Pacaembu. O local e dia da partida de volta depende do adversário. 

O time está bem organizado, Jair Ventura está com o elenco na mão, ao repetir a escalação mostrou que aos poucos vem tomando consciência de quem são os melhores de cada posição. Léo Cittadini definitivamente ganhou a posição de Renato no meio, Dodô será durante toda temporada o lateral esquerdo titular e ninguém no elenco é capaz de tirar isso dele, Rodrygo é o mais pressionado por jogar na posição do craque do time, Bruno Henrique. O que mais sentimos falta é de um meia armador, já está claro que nem Jean Mota e nem Vecchio conseguirão suprir essa ausência que faz Lucas Lima, a diretoria precisa ás pressas encontrar "um novo 10".

Nascer, viver e no Santos morrer é um orgulho que nem todos podem ter.

Gabriel Ferraz (facebook) / @_vsferraz (instagram e twitter)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.