Header Ads

Poupando desempenho, porém finalista

O Galo chega agora a sétima final seguida do Campeonato Alagoano. A vitória por 2 a 1 no jogo de ida no Gerson Amaral deu uma boa vantagem para a equipe. No jogo de hoje no Estádio Rei Pelé, a ausência de Leílson fez com que Rafael Bastos assumisse o papel de "camisa 10" da equipe. A torcida compareceu em excelente número para essa merecida classificação.

   (Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)
Foto: Pei Fon
Mesmo que não tenha convencido em quase nenhuma partida no ano, essa oitava vitória em dez jogos no Campeonato Estadual continua não não sendo muito comemorada, mesmo sendo ela a decisiva para a classificação para a final. O futebol apático traz dúvidas ao torcedor sobre o futuro rendimento da equipe na Série B.
Convenhamos que não seja tão difícil conseguir bons resultados em um campeonato quase que amador, como também não é tão difícil conseguir resultados contra equipes como Confiança, Novo Hamburgo, etc.
O CRB vem conquistando ótimas vitórias, mas sendo sempre estas carregadas de muitas críticas. E hoje continua sendo a mesma coisa.

O jogo

Precisando do resultado, o Coruripe soube ir com carga máxima nas raras oportunidades que teve no ataque. Enquanto o CRB chegava mais leve, mais devagar ao ataque e vez ou outra chegando com velocidade, o Hulk já era um ataque mais fervoroso, mais necessitário de balançar as redes, tanto que quando chegava, era de forma perigosa.
Como sempre, as jogadas do Galo eram concentradas na direita. Ratinho teve uma boa chance na primeira etapa, mas foi travado na hora da finalização. A arbitragem falhou em lance que seria falta para o CRB pelo lado direito, Rafael Bastos tentava entrar na área, mas acabou caindo fora. O árbitro acabou se equivocando, e conjunto ao bandeirinha marcou pênalti. Neto Baiano cobrou e conseguiu marcar e sair de uma seca de gols.
No segundo tempo, jogador expulso no lado do Coruripe e gol mal anulado. O centroavante do Hulk recebeu em boa condição, finalizou, fez o gol, mas o bandeirinha assinalou um impedimento que não havia.
Mesmo com um a menos, o Coruripe era o dono do jogo. Controlava a posse de bola e tentava atacar. O Galo se fechou e esperou, e foram nos contra-ataques que surgiram chances. Jogadas individuais aconteceram também, como por exemplo a de Juninho Potiguar, que enfileirou os adversários mas não teve perna para dar o passe final. Neto Baiano conseguiu marcar seu segundo gol no jogo após passe de Ratinho.
Rafael Bastos não teve um dia feliz, porém conseguiu ser mais produtivo, mas ainda sim não consegue ser efetivo e tem pouca confiança da torcida que pede sua saída.

Escalação do CRB

João Carlos; Ayrton, Boaventura, Conceição e Diego; Feijão, Juliano (Serginho), Rafael Bastos e Ratinho (Ruan); Willians Santana (Juninho Potiguar) e Neto Baiano.
Técnico: Mazola Júnior

Próximo passo

Os jogos das finais serão no primeiro domingo do primeiro dia de abril (01) e uma semana depois, no segundo domingo (08). Leílson deve retornar a equipe após cumprir suspensão, mas Ruan será uma das baixas, já que tomou terceiro cartão amarelo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.