Header Ads

O que há de novo, São Paulo?

Com um a menos, São Paulo empata com RB Brasil


(globoesporte.com)


Depois de tanta turbulência - eliminação na Libertadores e derrota no clássico -, Mancini comandou o Tricolor em um jogo teoricamente mais fácil. São Paulo recebeu o RB Brasil, no Morumbi, mas foi um jogo sem gols.

Por mais que o jogo na teoria fosse mais fácil, o clima no clube não é dos melhores, além dos protestos da torcida, da repercussão de um possível "Morumbi zero", ainda há conselheiros pressionando Leco para demitir Raí e uma possível saída de Diego Souza. Diante de tudo isso, Mancini ainda teve que lidar com vários desfalques: Willian Farias (contratura na coxa direita), Everton (estiramento na coxa esquerda), Hernanes (tendinite na perna direita), Hudson (concussão), Liziero (dores no púbis e trauma no tornozelo direito), Araruna (contratura no adutor direito), Brenner (aprimora forma física após lesão na coxa esquerda) e Joao Rojas (cirurgia no joelho). Com tudo isso, o técnico interino apostou nos garotos da base, deixando - corretamente - os mais experientes (Nenê, Jucilei e Diego Souza) no banco.

O início parecia tudo bem, mas terminou tudo errado. Logo aos 10' do 1º tempo, Reinaldo sentiu e teve que ser substituído. Em seguida, Carneiro deu uma entrada dura em Rafael Carioca e foi expulso. Assim o São Paulo ficou a partida toda, com 10 em campo, chegava pouco ao gol e tinha menos posse de bola, teve boas chances, mas sem êxito. No 2º tempo, o cansaço pegou o time e apenas aceitaram o empate.

Os pontos positivos dessa partida foram Volpi, que defendeu muito bem, os três zagueiros, que nada passou por eles - o que passou, Volpi pegou -, Igor Vinicíus foi muito superior ao Bruno Peres, mostrou que merece a titularidade e os garotos, Antony e Helinho que chamavam jogo e procuravam contra-ataque, a única falha era que Helinho continua segurando muito a bola e querendo aplicar dribles quando não deve.

Com esse resultado, São Paulo vai à 10 pontos, mas ainda fora da zona de classificação. Oeste tem 12 e Ituano 11. Próximo jogo é contra o Botafogo, domingo (03/03), às 17h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi - São Paulo, SP
Cartões amarelos: Léo Ortiz, Romário e Osman (RB)
Cartões vermelhos: Gonzalo Carneio (SP)
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (SP), auxiliado por Anderson Moraes (SP) e Vitor Carmona (SP)

SÃO PAULO
Volpi, Arboleda, Bruno Alves e Anderson Martins; Igor V., Luan, Helinho (Biro Biro - Nenê), Antony e Reinaldo (Léo); Gonzalo e Pablo. Técnico: Vagner Mancini

RED BULL BRASIL 
Júlio Cesar, Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca (Romário); Jobson (Claudinho), Uilliam Correia e Pio (Everton); Osman, Ytalo e Roberson. Técnico: Antônio Carlos Zago

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.