Faça Parte

Portuguesa empata com Bragantino pelo Paulista A2

A Portuguesa empatou na noite de sexta-feira (20) em 1 a 1 com o Bragantino, pela série A2 do Campeonato Paulista. O resultado pode não ter sido o melhor, pelo fato de jogar dentro de seus domínios, mas pelo futebol apresentado da Lusa na partida, a evolução é evidente. Ricardinho conseguiu com poucos treinos e algumas conversas dar cara ao time rubro-verde. Vale ressaltar, um confronto tradicional do futebol paulista acontecendo na A2 do futebol estadual.

Luan Peres (de frente) comemora seu gol com o time (Foto: Portuguesa/ Divulgação)
O novo técnico que assinou na segunda e nem tempo teve para treinar o time contra o Velo Clube, na partida de terça (jogo no qual a Lusa venceria por 2 a 1 e Ricardinho estaria no banco dando instruções), para este jogo foi diferente com mais tempo de treino e reconhecimento da função dos atletas, o treinador manteve o mesmo time da vitória diante do Velo.

Além disso, Ricardinho em suas entrevistas pré-jogo e durante a semana dizia que queria a Lusa tendo as ações ofensivas e buscando sempre a posse de bola e o ataque principalmente nos jogos dentro de casa, o que de fato aconteceu nesta partida.

O JOGO

Natan foi um dos destaques pela Lusa, criou as principais jogadas da Portuguesa no jogo 
O jogo começou a mil, as equipes buscaram logo o gol e quem chegou primeiro ao tento foram os visitantes, num gol que gerou muita reclamação por parte dos lusitanos. Num lance que deveria ser lateral para a Portuguesa, o árbitro inverteu a posse e deu bola para o Bragantino e na cobrança de forma rápida Léo Jaime fez a jogada pela direita e cruzou para Lincom ajeitar para Thiago Santos abrir o marcador no Canindé. 1 a 0 Braga.

O gol não mudou o panorama do jogo, estava lá e cá logo em seguida a Portuguesa quase empatou em escanteio, a bola sobrou pra Bruno Nunes, o atacante luso girou e bateu no canto direito e o experiente goleiro Felipe fez ótima defesa. O jogo manteve uma pegada forte, o Bragantino depois de acertar uma bola na trave parou de atacar e a partir daí apenas a Lusa atacava, Felipe em noite inspirava salvava o gol do Massa Bruta e por várias vezes também a Portuguesa pecava na finalização.

Luan comemora seu gol com Natan
Natan que junto era um dos melhores da Lusa na partida infernizava os marcadores do Bragantino, em jogada individual aos 43 minutos recebeu falta na grande área, pênalti pra Lusa. Luan Peres foi pra cobrança e empatou o marcador. 1 a 1.

O segundo tempo continuou como terminou o primeiro, a Portuguesa pressionava e pressionava o Bragantino em busca do empate. No entanto a Lusa, principalmente com Diego Gonçalves não colaborava, o atacante teve no mínimo três chances claras (no primeiro e segundo tempo) para fazer um gol e selar a vitória rubro-verde, sem sucesso. Fim de jogo no Canindé, empate, mas bom jogo e boa apresentação lusitana.

A Portuguesa agora enfrenta o Taubaté, às 20 horas no estádio Joaquim de Moraes Filho, o "Joaquinzão", em Taubaté.   

Portuguesa: Farley; Digão, Talis, Luan Peres e Cesinha; Renan, Ferdinando (Caíque), Natan e Labarthe (Formiga); Diego Gonçalves e Bruno Nunes.
Técnico: Ricardinho

Bragantino: Felipe; Ivan, Douglas Silva, Eder Lima e Bruno Pacheco; Renan, Geandro e Jobinho (Renan Diniz); Léo Jaime, Lincom (Alemão) e Tiago Santos (Erick).
Técnico: Léo Condé.

Postar um comentário

0 Comentários