Header Ads

Primeira Liga: sucesso ou fracasso?

O Fluminense conquistou o título da competição (Foto: André Durão)
Na última quarta-feira (22), o Fluminense conquistou o título da Primeira Liga após vencer o Atlético-PR por 1 a 0 em Juiz de Fora. A conquista foi muito comemorada por torcedores, jogadores, comissão técnica e diretoria do Tricolor Carioca, mas muitos - principalmente os rivais - questionaram a celebração que, segundo eles, foi ''exagerada'' pelo o campeonato que estava em disputa. Porém, ninguém teria mais motivos para comemorar do que a dupla Fla-Flu caso chegassem ao título.

Após ''peitarem'' CBF, FERJ e a Globo, Flamengo e Fluminense entraram na disputa. Só o fato de estarem na competição foi uma conquista enorme. Ambos tiveram muitas dificuldades, mas o final teve um desfecho positivo. Além dos dois cariocas, participaram da competição América-MG, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Grêmio e Internacional. Ao todo, doze clubes iniciaram o torneio, primeiramente divididos em três grupos que definiram os quatro classificados para às semifinais.  

E, para aqueles que disseram que o campeonato não é importante, teve sim grande relevância esportiva e, principalmente, política. A criação da Copa Sul-Minas-Rio, como também é conhecida, era demonstrar que os clubes são capazes de se unirem pró melhora do futebol brasileiro, e que são independentes da CBF. A ideia é que a competição cresça e tome o lugar do Brasileirão, organizado pela federação, ou que pelo menos deixe as coisas mais justas para todos os clubes que à disputam.

Se fora de campo gerou polêmica, dentro de campo não foi diferente. Logo na primeira rodada, na partida entre as duas equipes que viriam a disputar a final, Fred (Fluminense) e Léo (Atlético-PR) se desentenderam, o atacante deu um soco na nuca do adversário e ambos foram expulsos. Após o acontecimento, não estava claro quem analisaria o lance e aplicaria as punições, por isso ficou nítido que precisa-se de melhoras nas questões administrativas. 
Dados sobre a média de público (Fonte: GloboEsporte.com)
De resto, tudo ocorreu como planejado, principalmente nas arquibancadas. Com médias de públicos razoáveis, é verdade, a Primeira Liga só ficou atrás da Libertadores nesse quesito, superando todas as competições disputadas no futebol brasileiro em 2016. Isso demonstrou que os torcedores abraçaram a ideia e a competição foi bem aceita entre os mesmos. E não poderia ser diferente, já que as mudanças no futebol brasileiro são pelos clubes amados por eles.

Ainda se viu muitos técnicos priorizando o estadual e colocando times alternativos na Primeira Liga, mas é esperado que a competição ganhe mais importância e passe a ser mais valorizada caso vingue. É fato que o torneio terá melhoras ao longo do tempo, principalmente no que se refere a regulamento, número de clubes e comissão disciplinar. Porém, pode ser considerado, sim, um sucesso, principalmente na questão política. Ainda assim, não se sabe se terá uma segunda edição, já que muitos interesses estão envolvidos, muitas vezes diferentes entre os dirigentes.

Por: Marcelo Júnior || Twitter: @marcelinjrr

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.