Header Ads

Botafogo derrota Atlético-PR por 2 a 1

Em Juiz de Fora, Botafogo e Atlético-PR enfrentaram-se pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta (25). O Glorioso conquistou sua primeira vitoria na competição ao derrotar o Furacão por 2 a 1. Com o triunfo, a equipe comandada por Ricardo Gomes pulou para 4 pontos e saiu da zona de rebaixamento. O Botafogo agora enfrenta o Fluminense, no próximo domingo (29), em Volta Redonda.

O JOGO

O Botafogo começou a partida tocando a bola no campo de defesa e pressionava a saída de bola do Atlético. Aos 11 minutos, o Furacão criou a primeira chance clara no jogo quando Sidcley, pela esquerda, levantou na área, Pablo desviou e a bola passou perto do gol de Helton Leite. Aos 17', o Botafogo abriu o placar depois que Victor Luis deu ótimo lançamento para Ribamar, que driblou o goleiro Weverton e fez o gol. 

Ribamar em agradecimento ao primeiro gol do jogo (Foto: Vitor Silva/ SS Press/ Botafogo)
As duas equipes movimentavam-se bastante em busca do ataque, mas pecavam nos passes errados. Aos 35 minutos, Nikão recebeu de André Lima e chutou cruzado, a zaga do Botafogo conseguiu afastar o perigo. Aos 39', o Furacão novamente arriscou quando Ewandro aproveitou sobra e arriscou chute forte de frente para o gol, mas, para a sorte de Helton Leite, a bola foi para fora. Em seguida, Ricardo Gomes foi obrigado a mexer no time, Rodrigo Lindoso sentiu a coxa e foi substituído por Marquinho. Aos 42 minutos, o Atlético quase empatou. Na entrada da área, Ewandro chutou forte e a bola explodiu na trave de Helton Leite. Aos 46', o primeiro tempo chegou ao fim.

O Botafogo retornou para o segundo tempo com o mesmo time que encerrou a etapa inicial. E aos 5 minutos, disposto a empatar a partida, o Furacão assustou quando Vinícius, na área, girou, chutou e quase marcou. Aos 9', Ewandro recebeu de Sidcley pela esquerda, chutou cruzado e Helton Leite espalmou, mandando a bola para a linha de fundo. Aos 12', Neilton entrou no lugar de Gegê. No minuto seguinte, o Atlético enfim empatou. Thiago Heleno ganhou dividida no meio, a bola sobrou para Vinícius, que encheu o pé e estufou as redes. Tudo igual em Juiz de Fora.

Aos 14 minutos, mais pressão do Atlético. Vinícius cruzou, André Lima subiu e por sorte não achou nada. Aos 27', o Alvinegro chegou ao segundo gol quando Salgueiro fez boa jogada e tocou para Neilton, que invadiu a área e chutou no ângulo. Aos 39', um gringo substituiu o outro, Yaca entrou no lugar de Salgueiro. Aos 44 minutos, Walter, que havia entrado na partida minutos antes, aproveitou bobeira de Emerson Santos e chutou forte, porém, Helton Leite salvou e evitou o empate. Aos 48', o jogo acabou. Vitória sofrida, mas importante do Botafogo.

OBSERVAÇÕES

Diante de São Paulo e Sport, o Botafogo fez boas atuações. No entanto, não venceu. Contra o Furacão, não jogou bem e venceu. O futebol muitas vezes é imprevisível.

Victor Luis tomou conta da posição. É um ótimo jogador. Diogo Barbosa, outro bom jogador, vai ter dificuldades para voltar ao time principal.

O desengonçado Helton Leite vem fazendo defesas importantes ao longo dos jogos. Aos poucos vai adquirindo confiança. Assim como Neilton, que marcou na Copa do Brasil e voltou a marcar nesse jogo.

O departamento médico do Botafogo vem deixando a desejar. Rodrigo Lindoso foi mais um a se lesionar de forma mais grave.

O clube enfim anunciou contratações. Canales, ex-La U e Camilo, ex-Chapecoense, acertaram. São ótimos nomes. Vale lembrar que Rodrigo Pimpão foi anunciado na semana passada. Acredito que com os reforços e a volta dos lesionados, o Botafogo pode fazer uma campanha sem sustos na Série A, visando, quem sabe, algo maior na competição. Sem falar que o clube segue vivo na amaldiçoada Copa do Brasil (apesar do histórico nada favorável). Aguardemos...
Reprodução: Twitter

FICHA DO JOGO

Botafogo 2
Helton Leite, Luis Ricardo, Emerson Silva, Emerson Santos, Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Marquinho), Bruno Silva, Fernandes, Gegê (Neilton); Salgueiro (Gervasio Nuñez), Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes.

Atlético-PR 1
Weverton, Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Anderson Lopes); Pablo (Vinícius), André Lima (Walter), Ewandro. Técnico: Paulo Autuori.

Estádio: Mário Helênio (Juiz de Fora/MG).
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias () e Helcio Araújo Neves ().
Gols: Ribamar (17' do 1º T), Vinícius (13' do 2º T), Neilton (27' do 2º T).
Cartões amarelos: Salgueiro e Ribamar (Botafogo); Eduardo e Hernani (Atlético-PR).
Público: 4.445.
Renda: R$ 115.520,00.

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca).

Sigam, divulguem as redes sociais do Botafogo e ajudem o clube a se tornar cada vez mais próximo de seus torcedores!

Canal no YouTube:

E fiquem por dentro do #BotafogoDigital, projeto com CONTEÚDO EXCLUSIVO feito por torcedores e para os torcedores. Acessem o site: http://botafogodigital.com.br/landing/

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.