Header Ads

De virada, Chapecoense vence América-MG e assume a vice-liderança


Bruno Rangel marcou duas vezes e comandou a virada do Verdão neste domingo. (Foto: Gilberto Pace Thomaz)
Após sair atrás do marcador no primeiro tempo, Bruno Rangel teve segundo tempo inspirado, marcou duas vezes e, junto com Silvinho, virou o placar em 3x1 e deixou Verdão na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com quatro pontos, mesmo número do líder Santa Cruz.

Em relação à equipe que empatou com o Internacional, no último domingo, Guto Ferreira teve apenas um problema na escalação da equipe titular, já que Thiego expulso contra os Gaúchos e deu lugar a Rafael Lima, que nesta semana acertou sua renovação de contrato até o fim do ano. Outra modificação foi à volta de Gimenez na lateral direita na vaga de Cláudio Winck.

A chuva e o frio na tarde deste domingo (22) afastaram o torcedor da Arena Condá, mas os 2.177 que estiveram presentes viveram momentos de tensão e de muita alegria. Na primeira etapa um jogo truncado, de poucas chances criadas. A Chapecoense jogando em casa teve problemas logo no inicio da partida, já que aos 10 minutos Ananias sentiu a coxa direita e deixou o gramado para entrada de Silvinho.

Com a forte marcação dos mineiros, o Verdão não conseguia criar boas oportunidades e acabou surpreendido aos 18 minutos, quando Rafael Bastos foi derrubado por Rafael Lima na área e o juiz marcou pênalti para os visitantes. Ele mesmo foi para a cobrança e acertou o lado direito de Danilo, que foi acertou o canto, mas não conseguiu alcançar a bola.

Sem conseguir furar o bloqueio dos visitantes, a solução de Lucas Gomes, aos 25 minutos, foi chutar de fora da área, mas longe do gol de João Ricardo. Aos 34', Cleber Santana fez bela jogada e foi derrubado dentro da área, porém, o árbitro mandou o jogo seguir com muita reclamação do banco e dos torcedores do Verdão.

Com o 1x0 no marcador, as equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. Com a bola rolando, não demorou muito para a Chape reagir, logo aos 2 minutos, Marcelo foi puxado por Sueliton e o árbitro assinalou pênalti para os donos da casa. Bruno Rangel foi para a cobrança e jogou no canto esquerdo de João Ricardo, que nada pôde fazer, empatando a partida na Arena Condá.

A Chape parece ter acertado para o segundo tempo uma forma de furar a forte marcação do Coelho. A virada quase veio aos 10 minutos, quando Silvinho chegou à linha de fundo - homenageando nosso site -, e cruzou rasteiro, o goleiro João Ricardo espalmou no meio da área e a zaga afastou em seguida.

A Chapecoense seguia fazendo pressão nos mineiros e, aos 13 minutos, Lucas Gomes em uma jogada ensaiada na cobrança de escanteio, cruzou rasteiro para Cleber Santana, que chegou chutando de primeira, mas o goleiro bem colocado espalmou novamente em escanteio. A pressão teve resultado aos 31', quando Bruno Rangel recebeu cara a cara com João Ricardo, mas bateu em cima do goleiro, no rebote a bola caiu nos pés de Silvinho, que chutou de primeira e virou o placar para a Chape.

Silvinho entrou no lugar de Ananias e deixou sua marca. (Foto: Gilberto Pace Thomaz)
A torcida ainda comemorava o segundo gol quando, aos 32 minutos, Cleber Santana recebeu na área e rolou para Bruno Rangel, que dominou e bateu no contra pé do goleiro para ampliar o placar e enlouquecer a Arena Condá. Mas o Verdão queria mais e só não conseguiu por que o goleiro João Ricardo fez grande defesa na cobrança de falta de Kempes, aos 47 minutos, garantindo o 3x1 no placar.

Foi um jogo de tempos opostos, em que o América-MG com sua forte marcação parou a Chapecoense no primeiro tempo. Já no segundo, méritos para Guto Ferreira, que novamente mostrou ser um grande treinador e sem mexer na equipe conseguiu no vestiário formar uma estratégia, furando a marcação dos visitantes. A vitória só não foi maior por que o bom goleiro João Ricardo salvou o América de uma goleada ainda maior.

Na próxima rodada, a Chapecoense viaja para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Flamengo na quarta-feira (25), no Raulino de Oliveira, às 21h. No mesmo dia e horário, o América-MG recebe o Vitória-BA, no Independência.

Marcelo Weber || @acfmarcelo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.