Header Ads

Flu joga mal, desperdiça chances e perde primeira no Brasileiro

Palmeiras x Fluminense  - 25/05/2016
Minha cara quando vejo Levir colocar Magno Alves e Marcos Junior para tentar melhorar o time. Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Três jogos e três resultados diferentes. Começamos bem com uma vitória apertada fora de casa, empatamos em casa depois de um pênalti absurdo e agora, contra o adversário mais difícil até então, jogamos absolutamente nada. Levir fez certo ao não entrar tão exposto, mas ainda acho que o time não está montado do jeito certo. Ficou claro ontem que contra times como o Palmeiras não dá para deixar que apenas Cícero fique encarregado da criação de jogadas. O time fica muito espaçado e parece que nunca ninguém está perto para receber um passe.

O primeiro tempo ainda teve alguns momentos de perigo a nosso favor. Fernando Prass fez boas defesas e ainda teve o milagre no chute de Fred, que depois isolou. O problema é que nossas chances só vinham de cruzamentos. Não conseguíamos criar uma jogada por meio de uma tabela ou triangulação. Enquanto isso, lá atrás, tomávamos alguns sustos. Bastavam dois toques rápidos entre os atacantes do Palmeiras para que nossa zaga ficasse perdida. Estavam fazendo o que bem entendiam.

Na segunda etapa, o Palmeiras viu a nossa fragilidade defensiva e ofensiva e voltou com duas alterações para aproveitá-las. Logo com 12 minutos, levamos um gol de Vitor Hugo após cobrança de falta para nossa área. Gum ficou marcando dois enquanto metade do nosso time permaneceu parado. Nem deu tempo de passar raiva com o gol porque um minuto depois, Alecsandro recebeu um cruzamento rasteiro no pé e, sem nenhum incômodo, fez o segundo. Impressionante a apatia da defesa que não percebeu o centroavante completamente livre no meio da área. Depois desses gols relâmpagos, Levir tirou Osvaldo e Edson para por Marcos Jr e Richarlison. Nosso atacante que veio do América até fez a única boa jogada nossa da partida, mas Scarpa concluiu muito mal.

Palmeiras x Fluminense  - 25/05/2016
Dependemos demais do Scarpa? Nosso meia jogou muito mal e o time acompanhou. Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Não podemos virar mensageiros do apocalipse, mas também não podemos ficar tranquilos com essa derrota. Pra mim está claro que Pierre não tem condição alguma de ser titular, assim como Osvaldo e Marcos Jr. Por enquanto, o melhor que poderíamos fazer essa deixar Edson e Douglas de volantes, Cícero e Scarpa na armação e Fred e Richarlison na frente. Precisamos de um meia com urgência. A chegada de William Matheus e Maranhão foram boas para outras duas posições carentes, mas um meia de qualidade ou um volante que saiba sair para o jogo é fundamental.

Próximo jogo é domingo contra o Botafogo. Se não ganharmos, vamos ganhar de quem mais? Ainda confio na nossa recuperação.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.