Header Ads

Oeste não vence, mas convence

Os Oestinos foram a Vila Capanema enfrentar o Paraná Clube e saíram "injustamente" derrotados.

(Foto: ESPN.com.br)
No início, tivemos um jogo indefinido, cheio de oportunidades para os dois lados. O Paraná saia mais para buscar o jogo e tentava jogadas com Diego Tavares e Nadson pelas alas do campo municiando Lúcio Flávio, parecia que não querer marcar. Como o jogo era muito equilibrado, em jogada do Oeste, Mazinho recebeu passe após tabela de Francis e Clebson, passou por dois e bateu cruzado, o goleiro Marcos falhou e o time de Itápolis abriu a conta.

Após o gol, o Paraná tomou conta do jogo, usando o seu meio de campo Válber e o ponta Nadson para chegar com perigo. Mas o gol não. Em escanteio para o time da Vila Capanema, o contestado Lúcio Flávio empatou de peixinho, fazendo 1 a 1. Depois do gol, Oeste ficou muito apático, não parecia o mesmo time e isso acabou ajudando o Paraná, que passou a trabalhar com tranquilidade. Depois disso, num lance isolado, Bruno Silva fez falta e foi expulso, o Rubrão ficou com um a menos. O meio campista Válber aproveitou a superioridade numérica e virou para o tricolaço da Vila.

Logo após o gol, Válber foi expulso e Diniz partiu para cima, o domínio do meio campo voltou a acontecer e os toques curtos e rápidos também. Com duas alterações no meio campo e com a entrada de Francisco Alex, o Oeste mostrou a todos na Vila que não entrou para brincadeira. No finalzinho da partida o time passou até a tentar o abafa, coisa "proibida" nos times de Diniz. Apesar das tentativas desesperadas, o Paraná fez valer o fator casa e, abaixo do esperado (em minha humilde opinião), acabou por vencer o time que está em Osasco momentaneamente.

Melhores momentos:


Destaques da partida: Em um jogo muito difícil. Francisco Alex entrou muito bem para ocupar o meio campo, arriscando bastante e dando ao Rubrão poder maior de finalizar. O destaque negativo vai para o zagueiro Bruno Silva, o homem de confiança de Fernando Diniz que estava fazendo uma boa partida até se perder e fazer uma falta desnecessária, atrapalhando o andamento do jogo para Onça Rubro Negra.

Pontos positivos: Como ponto positivo fica a insistência do Oeste no jogo, sem perder o foco e tentando a todo custo reverter o placar. Também é válido citar a melhora nítida do toque de bola da equipe, triangulações mais rápidas e algumas tentativas mais ousadas do que o normal.

Ponto negativo: Além de sair com a derrota, o único ponto negativo visto pelo colunista foi à falta de finalizações ao longo do jogo, as coisas apenas melhoraram com a entrada do já citado Francisco Alex.

O próximo compromisso do Oeste será na próxima terça-feira contra o Vasco da Gama às 21h30, na Arena Barueri em Barueri-SP.

Ficha técnica:

Local: Durival Britto - Curitiba (PR)
Árbitro: Célio Amorim (SC) e Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Público: 2.113 pagantes.
Renda: R$ 25.360,00
Cartões Amarelos: Paraná: Diego Tavares, Rafael Carioca, Válber || Oeste: Bruno Silva
Cartões Vermelhos: Paraná: Válber || Oeste: Bruno Silva
Gols:
Paraná: Lúcio Flávio 25' 1T, Válber 27' 1T
Oeste: Mazinho 21' 1T

Paraná: Marcos; Diego Tavares (Robert), Pitty, João Paulo e Rafael Carioca (Fernandes); Lucas Otávio, Anderson Uchoa, Nadson e Válber; Robson e Lúcio Flávio (Leandro Silva). Técnico: Claudinei Oliveira.

Oeste: Felipe Alves; Francis, Bruno Silva e Léo Bahia (Francisco Alex), Velicka, Danielzinho, Clébson (Renan Mota) e Mazinho; Maurinho, Ricardo Bueno (Rafael Rocha) e Léo Artur. Técnico: Fernando Diniz.

Francisco Borja || @BorjaFrancisco
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.