Header Ads

Vasco joga mal, mas consegue a vitória e mantém a invencibilidade

Invicto há 26 jogos, o Vasco venceu a segunda partida na Série B do Campeonato Brasileiro, dessa vez a vitória foi sobre o Tupi.

Foto: GE
O Vasco não fez uma boa partida, e já no início sentiu a pressão do Tupi, com menos de dois minutos Filipe Alves carimbou o travessão, assustando os torcedores Cruzmaltinos. Apesar de ter a maior posse de bola, a equipe carioca não conseguia criar, mas, para a sorte vascaína, o time visitante também caiu de nível e parou de assustar.

Aos 37 minutos o Vasco teve sua maior chance e não desperdiçou. Após a cobrança de falta de Nenê, Luan se antecipou e cabeceou, marcando o gol da vitória.

A equipe carioca voltou bem mais animada na segunda etapa da partida, com maior velocidade e criando mais, o time tinha mais chances. Houve ainda duas oportunidades para o Gigante da Colina, as duas com Thalles, uma após a jogada de Pikachu e outra de Julio dos Santos, mas Thalles não estava inspirado e perdeu as duas chances.

Aos 23’ o Tupi quase fez o seu! Marcos Serrato mandou uma bomba que parou no travessão, para alívio vascaíno. Além disso, Henrique quase fez um, mas Martín fez boa defesa e salvou o time. O Vasco conseguiu administrar o placar e manter a invencibilidade.

Foto: Agencia O Dia
Na próxima terça-feira a equipe carioca enfrentará o Vila Nova no Mané Garrincha, às 21h30minh. No mesmo dia e horário o Tupi jogará contra o Paysandu, no estádio Municipal de Juiz de Fora.

Ana Clara Soares (@AnaClaraSoares1)

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Cartões amarelos: Yago Pikachu, Evander, Martín Silva (Vasco); Filippe Formiga, Rafael Jataí (Tupi)
Cartão vermelho: Jonathan (Tupi)

Vasco: Martín Silva; Yago Pikachu, Rodrigo, Luan e Julio Cesar (Henrique); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho (Evander) e Nenê; Jorge Henrique e Thalles. Técnico: Jorginho

Tupi: Glaysson; Filippe Formiga, Heitor, Rodolfo Mol e Bruno Costa; Rafael Jataí, Filipe Alves (Henrique), Marcos Serrato e Jonathan; Thiago Silvy (Ygor) e Giancarlo (Gabriel Sacilotto). Técnico: Ricardo Drubscky

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.