Header Ads

Botafogo perde e volta ao Z-4

Botafogo e Corinthians enfrentaram-se na tarde deste domingo (19), em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão venceu o Glorioso por 3 a 1. Com o resultado, o Alvinegro carioca voltou a figurar na zona de rebaixamento. O próximo adversário do Botafogo será o Figueirense, quarta, às 21h, em Juiz de Fora.

O JOGO

Em jogo disputado, Corinthians levou a melhor (Foto: Marcello Zambrana/ AGIF/ Lance!Press)
O jogo começou movimentado. Botafogo marcava com muita determinação e causava dificuldades ao Corinthians, que apesar disso, tinha maior posse de bola. Aos 4 minutos, Gervasio Nuñez cobrou falta e Bruno Silva, de cabeça, mandou para fora. Aos 18', Neilton fez boa jogada pela esquerda. O atacante cruzou para Sassá, que não alcançou a bola. Aos 24 minutos, o Corinthians abriu o placar. Fagner invadiu a área e achou Bruno Henrique com espaço. De fora da área, o volante arriscou e mandou a bola no ângulo. Golaço. O Glorioso empatou instante depois, mais precisamente aos 27'. Sassá lançou Leandrinho na direita. O meia chutou forte, cruzado e Cássio, mal no lance, falhou. Gol do Botafogo. Tudo igual na Arena.

Aos 40 minutos, o Botafogo teve a chance de virar o jogo. Gervasio Nuñez lançou Luis Ricardo na direita. O lateral cruzou na medida para Neilton, que na pequena área, na cara do gol, acertou a bola na canela e desperdiçou excelente oportunidade. No minuto seguinte, Sassá achou Yaca livre na área. O argentino chutou cruzado e carimbou a trave. Aos 47', o primeiro tempo chegou ao fim.

O Botafogo retornou modificado para a etapa final. Ribamar entrou no lugar de Sassá. Aos 7 minutos, o Corinthians fez o segundo gol. Marquinhos Gabriel, sem marcação, invadiu a área e chutou no canto direito do goleiro Sidão. Aos 12', Ricardo Gomes tirou Gervasio Nuñez e colocou Victor Luis. A mudança não fez efeito. O Timão continuava chegando com perigo. Aos 16 minutos, Rodriguinho pegou de primeira. A bola passou perto do gol. Aos 18', Guilherme, de cabeça, mandou no canto e também quase fez. O Glorioso só incomodou aos 27 minutos. Luis Ricardo cruzou para Neilton, que arriscou de prima e levou perigo. A bola passou rente à trave. Aos 35', última alteração no Botafogo. Leandrinho foi substituído por Salgueiro. No minuto seguinte, Marquinhos Gabriel chutou cruzado e Sidão fez ótima defesa. Na sequência, Romero pegou o rebote na pequena área e Sidão, de novo defendeu, dessa vez com os pés. Milagre. Aos 43', o Corinthians ampliou. Fagner levantou bola na área, Balbuena escorou de cabeça e Bruno Henrique dominou para estufar as redes. Aos 48' o jogo terminou.

OBSERVAÇÕES

O primeiro tempo do Botafogo foi bom. Fez o gol, criou chances e poderia ter saído para o intervalo vencendo. Mas esqueceu de entrar em campo no segundo tempo.

Neilton perdeu gol inacreditável após cruzamento do Luis Ricardo. Na cara do gol, ele deu canelada. Não pode.

Gervasio Nuñez fez boa partida e mesmo assim foi substituído. Sinceramente eu não entendi. Acho que Ricardo Gomes errou. Por falar no treinador, ele declarou não estar preocupado com o Z-4.

Não é possível que seja normal essa onda de lesões no Botafogo. Preparação física e Departamento Médico do clube precisam ser cobrados. Dá para montar um time só com os lesionados. Alguns desses são titulares absolutos.

Torço para que os reforços que agora podem jogar correspondam. Caso contrário...

FICHA DO JOGO

Corinthians 3
Cássio (Caíque), Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Uendel; Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho (Willians), Guilherme (André); Ángel Romero, Lucca. Técnico: Fábio Carille.

Botafogo 1
Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva, Diogo Barbosa; Bruno Silva, Fernandes, Gervasio Nuñez (Victor Luis), Leandrinho (Salgueiro); Neilton, Sassá (Ribamar). Técnico: Ricardo Gomes.

Estádio: Arena Corinthians (SP).
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR).
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR).
Gols: Bruno Henrique (24' do 1º T), Leandrinho (27' do 1º T), Marquinhos Gabriel (7' do 2º T), Bruno Henrique (43' do 2º T).
Cartões amarelos: André e Balbuena (Corinthians); Fernandes e Victor Luis (Botafogo).
Público: 35.024.
Renda: R$ 2.023.396,50.

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.