Header Ads

Com destaque da arbitragem, Atlético e Avaí empatam

Saudações Rubro-Negras

Nas ultimas cinco partidas o Dragão venceu apenas uma. Nas última cinco partidas o Atlético perdeu apenas uma, dessas só uma foi em Goiânia, contra o CRB, quando o time acabou sendo derrotado em um golpe de sorte. Porém, nas outras quatro partidas que foram longe do seu torcedor o ACG sempre pontuou, três pontos contra Vasco e um pontinho contra Paraná, Joinville e Avaí, que foi na última rodada.

Momento do gol de Matheus Ribeiro (Foto: divulgação ACG)
Maus resultados? Talvez. Visto do ponto de vista de como foram os jogos, tenho certeza que poderíamos ter pontuado bem mais, mas do ponto de vista da dificuldade das partidas o único resultado ruim, péssimo, foi a derrota para o CRB. Nos demais, foram placares normais.

O jogo contra o Avaí tem um porém, o ataque falho do Dragão voltou a aparecer. O gol do Atlético saiu de uma ótima jogada entre Jorginho, Magno Cruz e Matheus Ribeiro, que acabou tirando do goleiro e abrindo o placar. Detalhe que a jogada surgiu em um contra-ataque logo após um pênalti do goleiro Marcos em cima do ex-Dragão William ter sido completamente ignorado pelo árbitro da partida, mas o Atlético não tem nada com isso e conseguiu marcar.

No segundo tempo o Dragão perdeu boas chances, estas que o atacante Júnior Viçosa geralmente não desperdiça(va) em sua boa fase. Em um cabeceio logo após um ótimo cruzamento de Matheus e em outro contra-ataque puxado por Magno Cruz, Viçosa ficou na cara do gol e ele chutou em cima do arqueiro Avaiano.

Como tem o ditado que se segue a risca nos jogos do Atlético, "quem não faz leva" e o Avaí chegou ao empate. Se no gol do Atlético teve um pênalti não marcado para o Avaí, no gol do Avaí teve um recuo de bola para o goleirão, que pegou com a mão e deveria ter sido marcada a irregularidade, mas o árbitro também ignorou e no contra-ataque saiu o empate do Leão Avaiano.

O placar de 1x1 foi justo? Devido a todos os erros de arbitragem que influenciaram nos dois gols, digo que sim, foi justo. O Dragão não teve competência para conseguir matar suas chances criadas e o Avaí não teve competência para sequer criar as chances de gol.

FICHA TÉCNICA:
Avaí 1x1 Atlético
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis
Data: 21 de junho de 2016
Horário: 19h15
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira-SP (Eduardo Cordeiro Guimarães-SC)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Leirson Martins (RS)
Cartões amarelos: Jorginho e Magno Cruz (Atlético)
Gols: Matheus Ribeiro (ACG) aos 27' 1T (0-1) e Rômulo (AVA) aos 37' 2T (1-1)
AVAÍ: Renan; Alemão, Fábio Sanches, Gabriel e Célio Santos (Diego Jardel); João Paulo, Braga e Caio César (Menezes); William, Tauã (Lucas Fernandes) e Rômulo. Técnico: Silas

ATLÉTICO: Marcos; Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário (Bruno Barra); Michel, Pedro Bambu, Magno Cruz (Luís Soares), Jorginho (Willian Schuster) e Gilsinho; Júnior Viçosa. Técnico: Marcelo Cabo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.