Header Ads

Com expulsão e pênalti perdido, São Paulo e Flamengo empatam em Brasília

Calleri só parou no cartão vermelho, enquanto Alan Patrick perdeu sozinho com goleiro. Assim, clássico nacional terminou em 2 a 2.

Com a volta de Ganso, Michel e Rodrigo Caio, São Paulo foi a Brasília enfrentar o Flamengo pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Denis brilhou, Calleri também brilhou, mas o cartão vermelho, o apagou. E o jogo terminou empatado, por 2 a 2, no Mané Garrincha.

Mesmo com voltas de jogadores importantes, São Paulo teve desfalques de peso, como Lugano e Thiago Mendes (ambos cumprindo suspensão), além deles, Hudson ainda vêm se recuperando de lesão e foi, novamente, poupado. Centurión que foi protagonista de "chilique" após ser substituído na última partida, não foi nem para o banco e o Tricolor alegou que o jogador sentiu o joelho.

Flamengo apostou em pressionar o meio-campo são-paulino. Com Ganso muito bem marcado as chances do time visitante ficaram reduzidas. Além de João Schmidt e Artur não cumprirem bem seus papéis de volantes. Assim, a zaga apostava na tentativa de ligação direta com o ataque, sempre lançando bolas para Calleri. Entretanto, em nenhuma vez, esses lançamentos resultaram em finalizações. O gol são-paulino saiu em contra-ataque, quando a bola passou no pé de Ganso. Esse deu um belo lançamento para Calleri que saiu sozinho com Muralha. E já sabe né? Tocou no Calleri... É gol! Porém a felicidade não foi tão longa. Flamengo chegou ao empate com gol contra de Rodrigo Caio. Everton escapou nas costas de Bruno, cruzou na área, Denis espalmou e a bola bateu no zagueiro são-paulino e entrou no gol. Nos minutos finais, Flamengo tentou de todas as formas virar o placar, mas Denis virou uma muralha.

A 2ª etapa foi praticamente uma cópia da 1ª. Logo no início São Paulo saiu na frente com gol de Calleri. Após cruzamento de Kelvin, o camisa 12 sobiu nas costas de Réver e cabeceou a bola para o fundo da rede. Flamengo continuava pressionando, e continuava parando em Denis. Entretanto, após cobrança de falta de Alan Patrick, Willian Arão subiu mais alto que a defesa são-paulina e empatou a partida. A arbitragem que já não estava muito bem, deixando de marcas faltas claras para as duas equipes, expulsou o melhor jogador são-paulino, Calleri, por reclamação. Com um a menos, São Paulo tomou ainda mais pressão. Bauza tirou todas as armas de contra-ataque e apostou apenas na defesa. Assim, houve bola na trave e brilho de Denis. No final da partida, juiz marcou pênalti para o Flamengo. Alan Patrick cobrou para fora e o jogo terminou empatado. 2 a 2.

Com esse resultado, os dois times vão para 14 pontos. São Paulo está em 5º, a frente do Flamengo por ter levado um gol a menos e ter maior SG. Na próxima rodada São Paulo recebe Sport, no Morumbi, quinta-feira (23/06), às 21h.

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha - Brasília, DF
Gols: Rodrigo Caio (CONTRA) e Willian Arão (FLA); Calleri 2 (SPO)
Cartões Amarelos: Cirino (FLA); Kelvin e Caramelo (SPO)
Cartões Vermelhos: Calleri (SPO)
Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha (GO), auxiliado por Alessandro Rocha de Matos (BA) e Guilherme Dias Camilo (MG)

FLAMENGO
Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Everton (Fernandinho) e Alan Patrick; Marcelo Cirino (Gabriel) e Felipe Ziveu (Sheik). Técnico: Zé Ricardo

SÃO PAULO
Denis; Bruno (Alan Kardec), Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis; João Schmidt, Artur, Ganso (Ytalo) e Michel Bastos; Kelvin (Caramelo) e Calleri. Técnico: Edgardo Bauza

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.